05/05/2022 às 15h39min - Atualizada em 05/05/2022 às 15h39min

+ DO TURISMO - 05/05

V
Emirates leva aos céus a visão do futuro de Dubai, lançando a pintura personalizada em aeronaves A380


O mais novo marco icônico de Dubai será estampado em 10 aeronaves A380s
 
A Emirates apresentou hoje a nova pintura personalizada de 10 aeronaves A380 sobre o mais novo ícone arquitetônico e centro de ideias e conceitos pioneiros de Dubai, o Museum of the Future (Museu do Futuro).
A primeira aeronave A380 da Emirates (A6-EVK) a exibir a nova pintura vai decolar amanhã (06) para Los Angeles. Quando saírem do Aircraft Appearance Center da Emirates Engineering nas próximas semanas, as outras nove aeronaves A380 serão usadas em rotas para a Europa e principais cidades árabes.
Essa iniciativa reforça o compromisso da companhia aérea de apoiar a visão de Dubai de se tornar a cidade líder do futuro, um centro de inovação e teste para tecnologias emergentes. Além disso, consolida os 50 anos de desenvolvimento e progresso dos Emirados Árabes Unidos.
Museum of the Future está localizado em uma construção de sete andares, sem pilares, em forma de toro, apelidado de “o edifício mais bonito do mundo”. Essa obra se tornou uma das maravilhas do design de Dubai e visa inspirar o mundo a imaginar as possibilidades do futuro, com instalações fascinantes e experiências futuristas. O anel do edifício forma um vazio para representar o conhecimento desconhecido e ainda não descoberto.
A construção em forma de anel com citações em árabe gravadas em toda a sua volta está presente nos dois lados da aeronave e apresenta a mensagem “Journey to the future” (Jornada do futuro) em toda a fuselagem, cobrindo um total de 336 m² da aeronave A380. Além da decoração, a pintura apresenta citações de Sua Alteza o Xeique Mohammed bin Rashid Al Maktoum.
A companhia aérea vai decorar 10 aeronaves A380 no total, que voarão para cerca de 30 destinos ao redor do mundo no próximo ano, levando a mensagem do museu de criar um futuro melhor agora.
 
FONTE E FOTO: emirates-spa@llorenteycuenca.com
 
 
 
Portugal tem mais de 50 mil vagas de emprego em aberto por falta de mão de obra qualificada
 
De acordo com dados atualizados do governo, Portugal tem hoje mais de 50 mil oportunidades em aberto por falta de profissionais qualificados. “É por conta da alta demanda que surgiram projetos como o Tech-Visa no país, que permite que muitas pessoas imigrem em apenas 3 meses. O país sofre para preencher vagas nas áreas de TI, engenharia, construção civil, saúde, arquitetura e oportunidades para soldadores”, afirma Daniel Braun, fundador e presidente da Cebrusa Europe.
A Cebrusa tem uma vasta experiência com o Canadá e agora está expandindo o negócio, entrando em terras lusitanas. “Nós já estamos com 10 anos de existência e com uma expansão mundial de negócio. Existe um fluxo grande de imigração no mundo todo e estamos preparando uma fórmula de imigração para cada país. Acreditamos que esse é o grande momento da imigração para o mundo inteiro e não só para o Canadá, embora o Canadá ainda seja o país mais aberto para imigrantes, mas para brasileiros, por exemplo, Portugal se torna um lugar interessante pelas facilidades do processo”, ressalta Braun.
Pensando na alta demanda de oportunidades em Portugal, a Cebrusa acaba de criar o NAVI, Núcleo Avançado de Visita e Imigração, uma plataforma de estudos de imigração com bônus de mentoria onde os alunos saberão como é possível morar e trabalhar em Portugal, independente da formação e de quanto dinheiro tem. “Com o NAVI, você será acompanhado em cada etapa da imigração, até morar com qualidade de vida em Portugal. Meus mentorados tem total apoio nessa busca por uma vaga dentro do mercado de trabalho português”, destaca.
Para saber como se inscrever no programa, acesse https://danielbraun.com.br/oportunidade_navi
 
FONTE: Larissa Abraços Fischer
 
 
SeaWorld ultrapassa 40 mil resgates ressaltando a necessidade de ajudar animais marinhos doentes, machucados e órfãos
 
O SeaWorld ultrapassou o marco de 40 mil resgates de animais machucados, doentes e órfãos, ressaltando a incessante recorrência de animais em perigo. A companhia dedica tempo, energia e recursos para ajudar uma grande variedade de espécies de animais necessitados desde o seu primeiro resgate, em 1965: um boto-de-Dall encalhado. O SeaWorld é uma instalação zoológica certificada e uma das maiores organizações de resgate de animais marinhos no mundo. Uma parte das vendas de ingressos e produtos dos parques é destinada às operações de resgate e reabilitação.
As equipes de resgate do SeaWorld estão localizadas em Orlando (FL), San Antonio (TX) e San Diego (CA) e estão de plantão 24 horas por dia, sete dias por semana. Os mais de 40 mil animais resgatados pertencem a espécies que vão desde aves aquáticas, pinípedes, tartarugas, peixes-boi, baleias, golfinhos, lontras, além de outros mamíferos e peixes. O marco serve como um alerta de que animais marinhos continuam enfrentando ameaças na natureza. Aqueles que são resgatados e classificados como não aptos a voltar ao meio ambiente recebem um lar que oferece cuidados permanentes em zoológicos certificados como o SeaWorld.
Dr. Chris Dold, Chefe do Departamento de Zoológico do SeaWorld Parks & Entertainment explica: “Nossos times de resgate são responsáveis pelo cuidado e bem-estar de milhares de animais - tanto resgatados como os que vivem em nossos parques - e por mais que gostaríamos de viver em mundo onde animais não precisassem de nossa ajuda para se desenvolverem com saúde e abundância, essa não é a realidade atual. O trabalho de resgate e reabilitação ajuda a salvar vidas de indivíduos e, em alguns casos, ajuda na preservação de espécies ameaçadas de extinção, como o peixe-boi da Flórida. É por isso que nós fazemos o que fazemos e é muito importante que zoológicos e aquários credenciados como nós continuem com seus esforços para auxiliar animais que não podem sobreviver sozinhos.”
 
FONTE: SeaWorld Parks Entertainment

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp