14/04/2022 às 16h35min - Atualizada em 14/04/2022 às 16h35min

Mercado Público será a nova atração turística de Balneário Camboriú

FONTE: DINO - Divulgador de notícias - FOTO: Imagem do Projeto (Divulgação PMBC)
c 
Equipamento que está sendo licitado será no histórico bairro da Barra
 
Com uma população fixa de pouco mais de 145 mil habitantes, segundo estimativa do IBGE de 2020, podendo chegar a mais de 1,2 milhão de turistas na alta temporada, a cidade catarinense de Balneário Camboriú preparou sua retomada econômica pós-pandemia com uma série investimentos e novas atrações turísticas.
 
Na mais recende ação de reestruturação, a Prefeitura está licitando a concessão da obra do Mercado Público do bairro da Barra, um dos mais tradicionais e históricos da cidade. A nova atração será erguida em terreno anexo à Praça do Pescador, às margens do Rio Camboriú, numa área de 3,5 mil m2. Estão projetados espaços para gastronomia, bares, cafés, lojas e mirante. O mercado ocupará uma área construída de 2,4 mil m2.
O Mercado Público da Barra terá no seu piso térreo, sete espaços gastronômicos e 28 boxes de tamanhos variados. No primeiro piso, serão dois espaços gastronômicos, dois cafés e dois restaurantes. Já na cobertura, estão projetados o mirante e um bar roof top. O projeto foi aprovado pelo Conselho da Cidade e já tem Licença Ambiental Prévia (LAP).
 
O novo espaço de lazer vem se juntar a outros equipamentos turísticos que Balneário Camboriú ganhou recentemente, como a roda gigante FG Big Wheel, o Oceanic Aquarium e o Museu do Carro (Classic Car). Esses três empreendimentos privados se somam a iniciativas públicas, como o alargamento da Praia Central, uma obra de proteção costeira que trouxe dividendos turísticos para a cidade, e o novo molhe do Pontal Norte, que se tornou, também, atração.
 
Em números recentes que indicam a retomada econômica, no mês de março deste ano, Balneário Camboriú registrou o triplo de ocupação da rede hoteleira, comparado com o mesmo mês em 2021, retornando a números pré-pandemia. Segundo dados do Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau, em março deste ano a ocupação chegou a 73%, sendo que ano passado o índice foi de 25,6%. O número também aumentou em relação a fevereiro deste ano, que registrou 66,45%.
“Balneário Camboriú não parou com a pandemia. Na medida em que enfrentávamos o coronavírus, continuamos com as obras estruturantes que prepararam a cidade para a retomada que estamos experimentando agora. A temporada já foi um sucesso. Agora, os números mostram que todo o esforço feito está consolidando Balneário Camboriú como um dos destinos mais importantes no cenário nacional e até internacional”, pontua o prefeito Fabrício Oliveira.
 
No modelo de concessão de obra desta licitação do Mercado Público, a empresa vencedora vai construir o equipamento e será remunerada pela locação dos espaços durante o período da concessão. O edital prevê ainda uma outorga fixa, cujo valor parte de um mínimo de R$ 610 mil. O município receberá, também, a partir do segundo ano da concessão, uma outorga anual variável correspondente a até 5% dos aluguéis dos espaços concedidos.
Na licitação publicada, o prazo da concessão é de 20 anos, prorrogáveis por mais 20, e o valor previsto no edital de licitação para construção do mercado é de R$ 13,8 milhões. O prazo para a construção do Mercado Público da Barra é de 18 meses a partir da assinatura do contrato.
 
O edital pode ser acessado em https://www.bc.sc.gov.br/licitacao.cfm?codigo=1249.
Informações adicionais podem ser requisitadas pelo e-mail bcinvestimentos@bc.sc.gov.br.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp