01/04/2022 às 16h09min - Atualizada em 01/04/2022 às 16h09min

Parque Bondinho Pão de Açúcar e Iphan lançam Circuito Histórico dos Mirantes no parque

FONTE E FOTO: Bianca Baptista - bianca.baptista@fsb.com.br
Convidados participaram da cerimônia e visitação guiada por alguns mirantes do circuito
c 
Iniciativa inédita com o mais antigo teleférico em operação do mundo explora o caráter histórico-cultural do Parque Bondinho e da paisagem do Rio de Janeiro (RJ)
 
Nesta última quinta-feira (31), o Rio de Janeiro e os cariocas receberam um presente que o mundo todo vai poder admirar. O Parque Bondinho Pão de Açúcar e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) inauguraram o Circuito Histórico dos Mirantes, no Parque Bondinho Pão de Açúcar.
O circuito conta ao todo com 14 mirantes pelo Parque, destacando a história, cultura da cidade e do Parque Bondinho Pão de Açúcar. Além disso, a iniciativa ainda resgata toda a trajetória de inovação tecnológica do mais antigo teleférico em operação no mundo, de modo a enriquecer a experiência do visitante no Parque Bondinho Pão de Açúcar e contribuir com contextualizações históricas sobre o bem cultural e o ambiente em que se insere.

A iniciativa conta com placas informativas e conteúdos complementares, que serão disponibilizados em breve, em cada um dos mirantes. Todas as informações estarão disponíveis em português, inglês, espanhol e braile para todos os visitantes que acessarem o parque e o conteúdo complementar poderá ser acessado em formato de audioguide, através de QRcodes, desenvolvidos em uma parceria com a Audima e Aliança Traduções. O projeto ainda trará uma experiência rara no Brasil: os circuitos de interpretação da paisagem, que no exterior já movimentam o setor do turismo.

Em evento celebrado na Fortaleza de São João, contando com a recepção do Exército Brasileiro, os convidados foram conduzidos por pontos notáveis do Rio de Janeiro: Fortaleza de São João e Praia de Fora, local de fundação da cidade. Durante a cerimônia, o Iphan, autarquia federal vinculada à Secretaria Especial da Cultura e ao Ministério do Turismo, entregou ao Parque Bondinho uma chancela de reconhecimento nacional do percurso. Depois, os convidados do evento foram conduzidos até o Parque Bondinho Pão de Açúcar para visitação guiada por alguns mirantes do circuito.
 
“Hoje, celebramos a criação de um circuito histórico-paisagístico pioneiro no Brasil. E o fato desta celebração ocorrer no local de fundação da cidade e no teleférico mais antigo em operação no mundo fortalece a vocação do nosso Patrimônio Cultural para o turismo no Rio de Janeiro e no nosso país”, desataca o superintendente do Iphan-RJ Olav Schrader.

Para Sandro Fernandes, CEO do Parque Bondinho Pão de Açúcar, a iniciativa é de extrema relevância para a história da cidade e de todo o país e irá agregar ainda mais às visitas no Parque. “Para nós, o lançamento desse projeto é muito importante, uma vez que contribui com a valorização da nossa história e da cultura da cidade do Rio e do Brasil. A inauguração desse novo circuito acontece em um momento em que estamos mostrando para todos que a emoção de estar aqui em cima vai além do passeio de bonde, é uma vivência única. Essa novidade vem para enriquecer ainda mais a experiência dos visitantes e fomentar o turismo na cidade, reforçando ainda toda a trajetória e o legado do Parque Bondinho.” explica Sandro.

“Esta bela e significativa iniciativa do Iphan e do Parque Bondinho Pão de Açúcar vem dar significado histórico às paisagens que tanto encantam os milhares de visitantes. As fortificações da entrada da Baía de Guanabara são ícones dessas paisagens culturais, urbanas e arquitetônicas”, enaltece o Coronel Joel, da Diretoria do Patrimônio Histórico e Cultural do Exército (DPHCEx).

Em 2021, o Parque Bondinho Pão de Açúcar e o Iphan firmaram a parceria que culminou com o lançamento deste projeto. As instituições trabalharam juntas para desenvolver os estudos que deram origem aos conteúdos disponibilizados e nomes dos mirantes, que foram batizados em homenagem a marcos da história do Parque Bondinho, do Rio e do Brasil. Como o Mirante dos Navegadores, localizado no Morro da Urca, onde é possível ver por onde os navios dos primeiros expedidores chegaram às terras cariocas e imaginar como deslumbraram-se com as paisagens locais; e o Mirante dos Pioneiros, que conta a história sobre a fundação do Parque Bondinho.
 
Idealizado pelo engenheiro Augusto Ferreira Ramos, foi o terceiro teleférico a funcionar no mundo. Na época, só existiam dois similares, na Espanha e na Suíça. O teleférico carioca superou os dois em tamanho, com o ponto mais alto a 396 metros acima do nível do mar.

Agora, quem visitar esta famosa atração para apreciar a paisagem carioca e viver experiências únicas, além da beleza estonteante também conhecerá o significado histórico do que se põe diante dos olhos. Trata-se de uma nova camada de interpretação do passeio que antes não existia.
 
Tombado pelo Iphan em 1973 por sua importância na composição da paisagem cultural da cidade, desde 2012 o Parque Bondinho Pão de Açúcar também é reconhecido como Patrimônio Mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). O monumento integra o sítio ‘Rio: Paisagens Cariocas entre a Montanha e o Mar’, primeira área no mundo a ter reconhecido o valor universal da sua paisagem urbana.

Referência no turismo, a notoriedade do Parque Bondinho Pão de Açúcar é refletida em números. Desde sua fundação, em 1912, já recebeu mais de 50 milhões de visitantes no parque.

O Circuito Histórico dos Mirantes valoriza o Patrimônio Cultural Brasileiro e irá compor o Circuito Histórico-Paisagístico do Rio de Janeiro, que será desenvolvido nos próximos meses. Além do Parque Bondinho, a previsão é incluir percursos pelo Cristo Redentor e pela Floresta da Tijuca.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp