29/03/2022 às 15h33min - Atualizada em 29/03/2022 às 15h33min

+ DO TURISMO - 29/03

O comandante do voo LH501 também saudou os passageiros, após revelar que sua última passagem pelo Rio havia sido em 1993.
N
Lufthansa inaugura voo entre Rio de Janeiro e Munique no RIOgaleão

 
Rota inédita na Cidade Maravilhosa marca início da temporada do verão europeu
 
O Rio de Janeiro amplia a sua conexão com a Europa, e passa a receber voos para uma das regiões turísticas mais cobiçadas da Alemanha. No último dia 27 de março, a companhia aérea Lufthansa iniciou a operação da rota Rio-Munique no RIOgaleão, com cinco frequências semanais. A novidade marca a programação da empresa para o verão europeu, conectando duas cidades com grande potencial para o turismo de lazer e que promete fortalecer um intercâmbio de demanda turística entre os dois continentes.
A capital da Baviera fica no Sudeste da Alemanha e se destaca por sua rica vida cultural, história e gastronomia, além de ter uma das economias mais fortes do país. Munique abriga o único aeroporto cinco estrelas da Europa, segundo a consultoria Skytrax, e é um dos maiores hubs do continente, permitindo boas conexões para os demais destinos da região.
Com a chegada dos novos voos no Aeroporto Internacional Tom Jobim, a Lufthansa, que deixa de operar  a rota Rio-Frankfurt, usará um dos equipamentos mais modernos e ecológicos do mundo, o A350-900. O Airbus consome cerca de 2,5 litros de querosene por passageiro por 100 quilômetros voados e 25% menos do que as demais aeronaves do mesmo porte, reduzindo de forma significativa as emissões de CO2.
“Estamos entusiasmados em oferecer aos nossos clientes no Rio de Janeiro não apenas a aeronave mais moderna e sustentável da frota da Lufthansa, o Airbus A350-900, mas também uma conexão direta com nosso hub de Munique, o único aeroporto 5 estrelas da Europa e uma porta de entrada para um mundo de oportunidades de viagens na Alemanha e além. Essa nova rota para Munique reforça as já robustas atividades do Lufthansa Group no Brasil e dá continuidade ao compromisso de longa data que temos de conectar pessoas, culturas e economias de maneira mais sustentável”, disse Felipe Bonifatti, Diretor Geral das companhias aéreas do Lufthansa Group para América do Sul & Caribe.
A recepção do primeiro voo da rota Rio-Munique no RIOgaleão contou com o tradicional batismo do Airbus e cerimônia de corte de faixa com representantes da concessionária, da companhia aérea e do aeroporto de Munique. Estiveram presentes os diretores gerais da Lufthansa do Brasil e América do Sul e Caribe, respectivamente, Annette Taeuber e Felipe Bonifatti; e as equipes de vendas e marketing da empresa. Representando o aeroporto de MUC, estiveram Florian Poetsch, diretor de Rota e Desenvolvimento de Passageiros; e Markus Heinelt, diretor de Desenvolvimento de Tráfego.
O voo inaugural também contou com uma ambientação especial para celebrar a data, além de uma ação desenvolvida pela Lufthansa no desembarque internacional. Chamada de Welcome Printer, ela consistia em oferecer aos familiares e amigos, que vêm buscar os passageiros no aeroporto, a opção de imprimirem uma mensagem especial de boas-vindas para os seus entes queridos. Até hoje, a ação só havia sido feita nos aeroportos de Munique e de Charlotte. Além das ações no aeroporto, o RIOgaleão e a Lufthansa lançaram uma campanha B2C para estimular as vendas para o novo destino.
 
FONTE: Cinthia Fonseca - Textual Comunicação - FOTO: Divulgação
 
 
 
Ministério do Turismo lança Programa Nacional de Turismo Gastronômico durante evento internacional
 
O Ministério do Turismo lançou neste domingo (27) o Programa Nacional de Turismo Gastronômico. A iniciativa desenvolvida em parceria com o Instituto Federal de Brasília (IFB) e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) tem o objetivo de desenvolver o segmento e efetivar a vocação do Brasil como destino de excelência. O documento foi anunciado durante o 1º Seminário Internacional de Turismo Gastronômico que termina nesta terça-feira (29), em Paraty (RJ). 
“É uma realização ver este evento acontecer e este programa se concretizar. Precisamos aperfeiçoar o nosso turismo gastronômico e esse evento é o start que estávamos precisando para alavancar este segmento no país. Temos diversas cidades reconhecidas pela Unesco na gastronomia e vamos estruturá-las para valorizar a nossa vocação e dar o estalo para que outras possam surgir. O turismo gastronômico está entre as nossas prioridades para fomento ao turismo no país”, destacou o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto.
O Programa Nacional de Turismo Gastronômico é um marco para o turismo brasileiro e traz os fatores históricos e culturais que contribuíram para o desenvolvimento do segmento, a relação indissociável entre turismo e gastronomia, o panorama do segmento no mundo e no Brasil, o papel essencial das políticas públicas em seu desenvolvimento, além do posicionamento do Brasil e os objetivos estratégicos da iniciativa. O texto convida ainda a todos os atores envolvidos, sejam pequenos produtores ou grandes empresários, gestores públicos e privados, viajantes e comunidade a tomarem "Gosto pelo Brasil!".
O turismo gastronômico já é um dos maiores motivadores de viagens por todo o mundo, e seu protagonismo vem aumentando a cada dia. A ascendência deste segmento vem acompanhada pela valorização do caráter regional dos destinos, suas peculiaridades, seu patrimônio histórico e cultural, que juntos proporcionam experiências únicas para os visitantes. Considerando sua vantagem competitiva, cada vez mais cidades ao redor do mundo procuram se posicionar como destinos de gastronomia e direcionam suas estratégias para o desenvolvimento e para a promoção do turismo gastronômico.
Dados da Organização Mundial do Turismo (OMT) apontam que a gastronomia é o terceiro maior impulsionador de viagens no mundo. No Brasil, o segmento já movimenta cerca de R$ 250 bilhões anuais, segundo cálculos da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). O Brasil também possui quatro cidades reconhecidas internacionalmente pela Unesco por conta da inovação na gastronomia: Paraty/RJ, Belo Horizonte/MG, Florianópolis/SC e Belém/PA.
 
FONTE: Ministério do Turismo

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp