22/03/2022 às 15h36min - Atualizada em 22/03/2022 às 15h36min

Dia Mundial da Água: DME alerta sobre proteção da água

FONTE E FOTO: Assessoria de Comunicação DME
Em Poços de Caldas, apenas nas grades das barragens das Pequenas Centrais Hidrelétricas Antas I e Antas II, são retidos e retirados anualmente cerca de 110 toneladas de resíduos
 
Seja ela subterrânea ou superficial, devemos proteger as águas da poluição e usá-las de forma sustentável, equilibrando as necessidades das pessoas e do planeta.
Em nosso país, a população em geral não apresenta interesse no destino dos resíduos, esquece a importância da preservação dos recursos naturais e não reflete sobre os mecanismos de eliminação, a menos que eles representem uma ameaça para a saúde.
 
Uma triste realidade em nossa cidade e também no Brasil é que boa parte dos rios estão sendo transformados em lixeira. Em Poços de Caldas, apenas nas grades das barragens das Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) Antas I e Antas II, são retidos e retirados anualmente cerca de 110 toneladas de resíduos, mas a maior parte segue o fluxo do rio, seguindo para o mar e iniciando uma longa viagem pelos oceanos do mundo.
 
“Hoje, gostaríamos de chamar a atenção para nossa situação local e sugerirmos simples ações que podem ajudar a diminuir a quantidade de lixo lançada nos rios do município, com alguns alertas: Utilize as lixeiras; Pratique coleta seletiva; Destine seus resíduos para o sistema de coleta pública; e Não deposite entulhos em locais inapropriados para esta finalidade”, destaca Cláudia de Souza, Assessora de Meio Ambiente da DME.
São iniciativas básicas e que podem ser realizadas em casa, nas ruas, em áreas verdes, dentro do carro, somos todos responsáveis pela destinação dos resíduos que geramos. Afinal, “ambiente limpo não é o que mais se limpa, e sim o que menos se suja”.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp