04/02/2021 às 13h41min - Atualizada em 04/02/2021 às 13h41min

Vereadores discutem propostas para melhorias nas ciclovias

FONTE: Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal
Nesta semana, os vereadores participaram de uma reunião com membros da Associação de Ciclistas de Poços de Caldas. O objetivo foi discutir propostas de melhoria da mobilidade urbana na cidade, entre elas o investimento na manutenção e ampliação das ciclovias. Ao final do debate, os parlamentares decidiram pelo encaminhamento de uma indicação à presidência da Câmara sugerindo uma comissão para debater o assunto.
Segundo a vereadora Luzia Martins (PDT), o convite para o encontro partiu do próprio Legislativo. “Acompanhei umas postagens da Associação sobre a importância do município investir em ciclovias, principalmente em época de pandemia, quando as pessoas optam por outra opção de transporte que não seja o público. Então, convidei os integrantes para irem à Câmara falar com todos os vereadores sobre os projetos e ideias que têm sido pensadas e desenvolvidas”, contou.
Álvaro Danza Vilela, coordenador da Associação de Ciclistas de Poços de Caldas, ressalta que a intenção da reunião foi discutir a mudança de paradigmas da mobilidade urbana na cidade. Ele lembrou que houve um fenômeno de expansão muito grande de carros em todo mundo e em Poços a situação não foi diferente. “As ruas ficaram abarrotadas de carros e em Poços a situação não foi diferente. Só que algumas cidades já começam a reverter esse processo de cada vez mais carros. Já começaram a investir em outros modais e um deles é a bicicleta. Percebemos que em Poços o número de ciclistas é muito grande e esse número aumentou ainda mais durante a pandemia, com certeza dobrou. Poços está parada no tempo. A última ciclovia que recebemos foi a da zona sul, em 2008, desde então nenhuma estrutura a mais foi feita. Para mudar essa situação, é preciso agir”, afirmou.
O coordenador pontua que, atualmente, não há uma legislação municipal que regulamente o uso da bicicleta. “Pelo contrário, existe uma lei, a 7011, que proíbe bicicleta e só permite o uso junto ao trânsito pesado. Proíbe patins, skate, patinete, a pessoa não pode se locomover dessa forma na cidade. Então, precisamos mudar e regulamentar esse transporte. Não é somente um esporte e lazer. Precisamos criar junto à Câmara, Prefeitura e ciclistas um conjunto de regras para regulamentar as novas ciclovias. Para que tudo isso funcione, e esse é o ponto mais importante de todo processo, é preciso criar um fundo municipal específico para ser usado na construção e manutenção das ciclovias. Essa foi a finalidade da reunião, para que a gente construa uma lei que facilite e que também assegure a política de desenvolvimento, seja qual for o prefeito”, disse.
A vereadora Luzia Martins afirmou que a comissão sugerida pelos vereadores, em conjunto com Executivo, Associação e ciclistas, irá debater a viabilidade dessas propostas apresentadas e estudar um plano que seja viável para a cidade.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp