14/02/2022 às 15h59min - Atualizada em 14/02/2022 às 15h59min

Como está o turismo de Capitólio após o acidente nos cânions?

FONTE E FOTO: Thiago Moresqui - contato@casatemporada.com
c 
Pouco mais de um mês após o desmoronamento da rocha que matou 10 pessoas nos cânions de Capitólio, em Minas Gerais, a 280 km de distância da capital Belo Horizonte, a região ainda vive o impacto da tragédia no turismo na cidade. Isso porque muita gente que já tinha a viagem agendada acabou cancelado após o ocorrido, e não é pra menos.
O acidente que foi notícia no mundo todo assustou muita gente e, segundo moradores e comerciantes da cidade, fez com que muitos turistas mudassem os planos em cima da hora.
 
Apesar disso, mais de 30 dias após a tragédia no Lago de Furnas, a região já está aberta ao turismo novamente. Conhecida como a cidade “Rainha dos Lagos”Capitólio está localizada em uma região privilegiada no sudoeste do estado de Minas Gerais, e por isso oferece algumas das mais belas atrações turísticas do país.
 
O local onde ocorreu o acidente é um dos principais atrativos da cidade, e ficou fechado por alguns dias para perícia e análise de diversas equipes. São mais de 10 pontos turísticos na represa, que tem 1.440 quilômetros quadrados, e dois seguem fechados até que exista total segurança para a liberação do acesso.
 
Projeto “Reviva Capitólio - Viva o Mar de Minas”
 
Recentemente, a prefeitura da cidade lançou o projeto “Reviva Capitólio - Viva o Mar de Minas”, que tem um total de 80 ações e previsão de investimento de R$ 5 milhões para recuperar e garantir a segurança total do turismo na região de Capitólio, São José da Barra e São João Batista do Glória, cidades vizinhas e que também foram afetadas pela baixa movimentação de turistas.
 
O projeto conta também com a participação das polícias Militar (PM) e Civil, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Marinha do Brasil, Instâncias de Governanças Regionais (IGRs), Sebrae, Fecomércio, Sesc, Senac e sociedade civil.
 
Segundo um comunicado em conjunto de todos os órgãos citados acima, a ideia é que sejam explorados outros segmentos na região, além do náutico, como o de aventura, ecoturismo e cicloturismo.
“Nossa região tem uma potencialidade grande para explorar esses novos segmentos. Então esse projeto traz força para direcionar e potencializar esses caminhos. Ficamos felizes com os investimentos que serão feitos, os recursos que estão sendo captados para trabalhar essa iniciativa. É uma conquista para a região nesse momento de recuperação”, reforçou o prefeito de Capitólio, Cristiano Geraldo da Silva.
 
VISITE CAPITÓLIO! - Apesar da tragédia, toda a comunidade de Capitólio se uniu para fazer com que a região volte a ser um dos principais destinos turísticos do Brasil. Por isso, visitar a cidade nesse momento significa valorizar o turismo e ajudar os trabalhadores locais, além de ter a certeza de que diversos órgãos estão atuando constantemente para que você tenha uma viagem totalmente segura.
 
Quer aproveitar Capitólio com toda a segurança? Encontre os melhores aluguéis de temporada em toda a região a qualquer época do ano no Casa Temporada.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp