03/02/2022 às 15h54min - Atualizada em 03/02/2022 às 15h54min

Festival de Campos do Jordão entra na reta final

FONTE: Secretaria de Cultura e Economia Criativa - FOTO: Isadora Vitti
O trio de João Bosco em apresentação no tradicional Auditório Claudio Santoro, no último dia 28 de janeiro
C
Programação musical foi dividida em três locais da cidade serrana: o palco do novo Parque Capivari, com shows gratuitos; o tradicional Auditório Claudio Santoro, no Museu Felícia Leirner; e o Palácio Boa Vista
 
O 1º Festival de Verão de Campos do Jordão se aproxima de sua reta final e chega agora à terceira semana (05 a 10/fev) com programação musical dividida em três locais da cidade serrana: o palco do novo Parque Capivari, com shows gratuitos aos sábados e domingos; o tradicional Auditório Claudio Santoro, no Museu Felícia Leirner (R$ 50,00, sextas e sábados; gratuito, domingo a quinta); e o Palácio Boa Vista (sexta a domingo, às 11h e 16h - gratuito - e às 21h - R$ 50,00).
 
O cantor e compositor paranaense Arrigo Barnabé é o grande destaque do fim de semana, neste sábado (05/fev), às 21h, no Auditorio Claudio Santoro, com a apresentação especial Arrigo 70, que celebra suas sete décadas de vida (completadas em setembro passado). No mesmo dia, só que às 11h, o conjunto Percorso Ensemble apresenta gratuitamente o espetáculo Projeto Choros no Parque Capivari, com nomes como Ernesto Nazareth, Pixinguinha e Jacob do Bandolim no repertório (o grupo se apresenta também no Auditório Claudio Santoro, dia 08/fev, às 20h). E, às 19h, a São Paulo Big Band (banda residente do Festival) recebe o saxofonista Spok, também no Parque Capivari.
 
Já no domingo (06/fev) os destaques do Parque Capivari são as performances ToCantE, com os talentosos acordeonistas Lulinha Alencar & Mestrinho (11h); e o grupo instrumental Jorginho Neto Collective, que apresenta o espetáculo Bro. Mais tarde, no Auditório Claudio Santoro, a atração será o instrumentista Fabio Zanon, um virtuose do violão clássico, que sobe ao palco às 17h (concerto com transmissão digital).
 
Ao longo da semana destacam-se também as performances do Ensenble Contemporâneo e do Ensemble Popular do Festival, formados por bolsistas desta edição (Auditório Claudio Santoro, 09 e 10/fev, 20h), e do quarteto de percussão Martelo (Auditório Claudio Santoro, 09/fev, 20h).
 
Depois do sucesso das transmissões ao vivo inauguradas no 51º Festival de Inverno, em julho de 2021, a edição de Verão seguirá com todos os concertos do Auditório exibidos no YouTube do evento e também na plataforma #CulturaEmCasa, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa. Serão ao todo 22 apresentações que poderão ser acompanhadas gratuitamente por esses canais digitais.
 
Toda a programação segue respeitando rigorosamente os protocolos de segurança e saúde, bem como as restrições em vigor no estado e em Campos do Jordão. A apresentação do comprovante de vacinação contra a Covid-19 - duas doses ou dose única - é obrigatória para assistir aos concertos, em todos os locais, a partir de 12 anos.
  
REALIZAÇÃO - O 1º Festival de Verão de Campos do Jordão é um programa do Governo do Estado de São Paulo, realizado por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado e pela Fundação Osesp. Tem direção executiva de Marcelo Lopes, direção artística de Arthur Nestrovski, curadoria artística de Mônica Salmaso (Música Popular Instrumental) e Clarice Assad (Música Erudita Contemporânea), e coordenação artístico-pedagógica de Daniel D’Alcantara (Música Popular Instrumental) e Ricardo Bologna (Música Erudita Contemporânea).
Esta edição conta com o patrocínio da cerveja Baden Baden, Instituto Cultural Vale e Sabesp por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Promoção: Folha de S.Paulo. Realização: Fundação Osesp, Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp