02/02/2022 às 15h05min - Atualizada em 02/02/2022 às 15h05min

Santa Casa solicita teste de Covid um dia antes das cirurgias eletivas

FONTE E FOTO: Rafael Santos - Assessoria de Imprensa da Santa Casa
C
Levando em consideração o atual momento que vivemos na pandemia de Covid-19, a Santa Casa de Poços de Caldas está solicitando para os pacientes que irão fazer qualquer tipo de cirurgia eletiva no Hospital que realizem o teste de Covid no dia anterior à cirurgia. No caso de o teste dar positivo para, se tratando de uma cirurgia que não é de urgência o procedimento será remarcado, visando a segurança de todos.
O médico infectologista da Santa Casa, Dr. Mário Krugner, explica que a Irmandade precisa trabalhar com segurança, principalmente para o paciente. Segundo ele, quando a cirurgia deixa de ser eletiva e passa a ser uma cirurgia de urgência, o teste é feito também, para o Hospital separar as pessoas com Covid das sem Covid. “No cenário que a gente está vivendo, com muitos casos de Covid, um dos pilares da cirurgia eletiva segura é que as pessoas não façam essa cirurgia com qualquer infecção”, diz. 

PARTOS CESÁREAS - Por se tratar de um cirurgia eletiva, em caso parto cesárea agendado previamente, que não for de urgência, a gestante também precisará apresentar o teste de Covid realizado com um dia de antecedência. “Sabemos que o vírus tem uma alta transmissibilidade, o que gera algumas complicações quando ele acontece na gestação. Portanto, o ideal é a gente se certificar se a gestante está ou não contaminada, evitando assim contaminar todo o Setor. Quando for uma cesárea eletiva, ou seja, uma cesárea agendada, sem ser urgência, essa gestante deverá testar um dia antes. Ela irá se dirigir ao Hospital de Campanha, onde a gestante tem prioridade, não vai ficar na fila e não vai ter uma exposição maior ao vírus”, explica a médica obstetra da Maternidade da Santa Casa, Dra. Cinthia Mendes de Souza Germano.
Dra. Cinthia explica ainda que se o teste der positivo e a paciente estiver com uma cesárea agendada, porém em função do tempo de gestação der para esperar, a cesárea será remarcada. “Caso não dê para remanejar, a cesárea será feita mesmo em vigência da infecção, porém com uma programação diferente. Em procedimentos que não são eletivos, se a pessoa entrar em trabalho de parto, não precisamos do teste previamente, mas se a paciente chegar aqui e tiver qualquer sintoma gripal que possa sugerir uma infecção de Covid, faremos o teste aqui mesmo no setor e isso não vai impedir a internação”, completa a médica obstetra.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp