20/01/2022 às 15h27min - Atualizada em 20/01/2022 às 15h27min

NOTAS RÁPIDAS - 20/01

BOLSONARO BLOQUEOU 82 JORNALISTAS E OITO VEÍCULOS NO TWITTER, MOSTRA ABRAJI
 
Segundo levantamento da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), o presidente Jair Bolsonaro bloqueou 82 jornalistas no Twitter até 12 de janeiro deste ano, sendo a autoridade que mais bloqueou profissionais de imprensa até então. A pesquisa, que detectou 315 jornalistas bloqueados na rede social, mostrou que, do total, 291 foram por Bolsonaro, por seus filhos que também ocupam mandatos eletivos, ministros, secretários especiais de Estado, e parlamentares que compõem a base de apoio ao governo.
Profissionais ouvidos pela Abraji disseram que foram bloqueados por fazer críticas ao governo, ou por seu trabalho como jornalistas, ou às vezes nem sequer sabiam o motivo pelo qual o bloqueio havia sido feito. Gustavo Ribeiro, da Brazilian Report, disse à entidade que quase não usa o Twitter e não se recorda de ter marcado Bolsonaro em alguma publicação e, mesmo assim, foi bloqueado pelo presidente.
Segundo o levantamento da Abraji, 153 jornalistas foram bloqueados por 41 autoridades do Estado. Depois de Bolsonaro, quem mais bloqueou jornalistas foi Abraham Weintraub, ex-ministro da Educação, com 40 bloqueios, seguido por Mario Frias, secretário especial de Cultura (30), e os filhos do presidente Carlos Bolsonaro (22) e Eduardo Bolsonaro (20).
 
FONTE: MediaTalks By J&Cia
 
 
 
 
TV GLOBO ULTRAPASSA MARCA DE 500 CONQUISTAS E CONSOLIDA-SE COMO O +PREMIADO VEÍCULO DA HISTÓRIA
 
Depois de garantir pela nona vez na história do Ranking dos +Premiados da Imprensa Brasileira a liderança dos +Premiados Veículos do Ano, a TV Globo manteve também a primeira posição no recorte histórico da pesquisa. Com os prêmios conquistados em 2021, a emissora do Grupo Globo superou a marca de 500 conquistas ao longo de sua história e ampliou sua vantagem na liderança do levantamento promovido pelo Jornalistas&Cia e pelo Portal dos Jornalistas. Assim como a TV Globo, a Folha de S.Paulo também repetiu no recorte histórico a mesma posição da pesquisa dos +Premiados do Ano, e terminou na segunda posição, à frente do jornal O Globo, terceiro colocado.
Nos levantamentos regionais, além da repetição do pódio nacional na Região Sudeste, terminaram na liderança dos +Premiados Veículos da História o Zero Hora (Região Sul), Correio Braziliense (Centro-Oeste), Jornal do Commercio (Nordeste) e A Crítica (Norte).
 
FONTE: MediaTalks By J&Cia
 
 
 
BRASIL ATINGE 1 MILHÃO DE CONSUMIDORES COM GERAÇÃO PRÓPRIA DE ENERGIA SOLAR, INFORMA ABSOLAR
 
Segundo levantamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), o Brasil acaba de ultrapassar a marca de 1 milhão de unidades consumidoras com geração própria de energia a partir da fonte solar. A modalidade representa mais de 8,6 gigawatts de potência instalada operacional, equivalente a cerca de dois terços (2/3) da potência da usina de Itaipu, sendo responsável pela atração de mais de R$ 44,0 bilhões em novos investimentos ao País, agregando mais de 260 mil empregos acumulados desde 2012, espalhados pelas cinco regiões nacionais.
Embora tenha avançado nos últimos anos, o Brasil - detentor de um dos melhores recursos solares do planeta - continua atrasado no uso da geração própria de energia solar. Dos mais de 89 milhões de consumidores de eletricidade do País, apenas 1,1% já faz uso do sol para produzir energia limpa, renovável e competitiva. Segundo análise da ABSOLAR, a tecnologia fotovoltaica em telhados e pequenos terrenos deve ganhar um impulso importante neste e nos próximos anos.
 
Em número de unidades consumidoras que utilizam a geração própria de energia solar, os consumidores residenciais estão no topo da lista, representando 76,6% do total. Em seguida, aparecem consumidores dos setores de comércio e serviços (13,4%), produtores rurais (7,6%), indústrias (2,1%), poder público (0,3%) e outros tipos, como serviços públicos (0,03%) e iluminação pública (0,01%).

FONTE: Thiago Nassa - TOTUM Comunicação
Link
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp