12/01/2022 às 15h16min - Atualizada em 12/01/2022 às 15h16min

Pratos veganos ganham protagonismo no menu dos grandes restaurantes brasileiros

FONTE: Fernanda Glinka - P+G Comunicação Integrada - FOTOS: Divulgação
,
Entre os destaques da alta gastronomia vegana estão os restaurantes paulistanos A Casa do Porco, D.O.M, Tuju e Maní, além do curitibano Obst.
Brasil é reconhecido por ter “a maior Segunda Sem Carne do mundo”, movimento que chegou ao país em 2009

De acordo com uma pesquisa recente divulgada pelo IBOPE Inteligência, o Brasil conta atualmente com mais de 30 milhões de vegetarianos (14% da população), sendo que desses, mais de 7 milhões declaram-se veganos. Além disso, a busca pelo termo “vegano” no Google cresceu quase 1000% nos últimos cinco anos, segundo um estudo divulgado pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) sobre o movimento vegano, revelando o grande potencial de expansão do setor.

A crescente vertente do veganismo fez com que restaurante renomados de todo o país criassem menus exclusivos para atender a demanda, com pratos que levam vegetais frescos como protagonistas. Em São Paulo, chefs como Jefferson Rueda (A Casa do Porco), Alex Atala (D.O.M), Ivan Ralston (Tuju) e Helena Rizzo (Maní) já têm caprichado nas opções sem carne. Já em Curitiba, o Obst., primeiro empreendimento do chef Lênin Palhano, acaba de lançar um menu degustação vegano, sem a utilização de produtos de origem animal, com uma sequência de sete etapas, pelo preço fixo de R$ 265.
 
“Hoje, existem diversas formas de dar sabor a um prato sem necessariamente usar uma proteína de origem animal. Preparamos um menu degustação vegano com o olhar no futuro. Atento às preferências dos brasileiros e às principais tendências da gastronomia mundial”, comenta o chef Lênin Palhano, O menu, desenvolvido com muita criatividade e frescor, valoriza insumos regionais e da estação, levando ao público preparos frescos, repletos de sabor e com texturas surpreendentes, como tartar de beterraba, picles de melão, creme de tofu e niguiri de cenoura roxa.
 
Além da parcela vegetariana da população, vem crescendo rapidamente a quantidade de pessoas que deseja reduzir o consumo de carnes e derivados, adeptos do movimento Segunda Sem Carne, que chegou no Brasil em 2009. Segundo a SVB, o movimento é conhecido mundialmente pelo seu embaixador Paul McCartney, mas o Brasil é reconhecido por ter “a maior Segunda Sem Carne do mundo”, presente até mesmo em refeitórios corporativos, escolas particulares e públicas, restaurantes e outras organizações. “O veganismo com certeza chegou para ficar e veio para abalar os conceitos da alta gastronomia”, complementa Lênin Palhano.
 

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp