05/01/2022 às 15h32min - Atualizada em 05/01/2022 às 15h32min

NOTAS RÁPIDAS - 05-01

COOXUPÉ DOA R$ 140 MIL PARA A SANTA CASA DE POÇOS

No dia 21 de dezembro a Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé (Cooxupé) realizou uma doação à Santa Casa de Poços no valor de R$ 139.466,34. Essa contribuição faz parte de uma grande doação que a cooperativa fez para 64 hospitais que ficam na área onde a Cooxupé atua e foi feita exclusivamente para aquisição de equipamentos médico-hospitalares. Em carta, o Superintendente da Santa Casa prestou os sinceros agradecimentos e reconhecimento diante da valiosa colaboração que a Cooperativa fez em favor da Irmandade e ressaltou que a doação será aplicada integralmente na melhoria e prestação de serviços aos pacientes.
A Cooxupé doou R$ 2 milhões para 64 hospitais atuantes na área de ação da cooperativa. A doação contemplou R$ 1 milhão para instituições hospitalares com foco no tratamento oncológico, bem como R$ 1 milhão para hospitais municipais, que prestam atendimento na área de ação da cooperativa. Ou seja, às mais de 17 mil famílias cooperadas, aos 2,5 mil colaboradores da Cooxupé e seus familiares. Além da Santa Casa de Poços, esses recursos foram para hospitais com atendimento oncológico nas cidades de Alfenas, Passos, Patrocínio, Uberlândia, Varginha e Barretos.
 
FONTE: Rafael Santos - Assessoria de Imprensa da Santa Casa
 
 
 
 
NATAL REGISTRA AUMENTO DE 91% EM TENTATIVAS DE FRAUDES NA COMPARAÇÃO COM 2020, APONTA CLEARSALE
 
O Natal em 2021 teve um aumento de 91,35% no número de fraudes evitadas no e-commerce brasileiro, subindo de 260.733 pedidos potencialmente fraudulentos em 2020 para 498.923 neste ano. Em termos financeiros, foram R$ 468,9 em fraudes evitadas no varejo virtual em 2021, contra R$ 300,7 milhões no ano passado - crescimento de 56,25%.
Os dados são do levantamento da ClearSale, empresa especializada em soluções antifraude nos mais diversos segmentos, como e-commerce, mercado financeiro, vendas diretas e telecomunicações. O período levado em conta no comparativo é o de 01 a 25 de dezembro, e foram analisados somente pedidos pagos com cartão de crédito.
As categorias que geraram maior número de fraudes evitadas neste ano foram: Celular, Eletrônicos, Automotivo, Bebidas e Ferramentas. Em 2020, a lista foi composta por Bebidas, Eletrônicos, Celular, Eletrodomésticos e Ar Condicionado.
Já analisando pelo valor dos produtos, as categorias com maior índice de possíveis ações fraudulentas foram: Eletrônicos, Automotivo, Bebidas, Joias e Informática. No ano passado, o Top5 foi preenchido por Eletrônicos, Bebidas, Informática, Celular e Automotivo.
 
FONTE: Murilo Sarro - murilo.sarro@maquina.inf.br
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp