03/01/2022 às 14h14min - Atualizada em 03/01/2022 às 14h14min

NOTAS RÁPIDAS - 03/01

CHURRASCO EM PROTESTO CONTRA BRADESCO
 
A exemplo de várias cidades que têm tradição no agronegócio, como Ribeirão Preto e Araguaína, Uberaba se engajou no movimento de repúdio à campanha do banco Bradesco contra o consumo de proteína animal. Nesta segunda-feira, 03, os produtores rurais assaram e distribuíram churrasco gratuitamente para a população, a partir do meio dia, em frente à agência do Banco Bradesco, na avenida Leopoldino de Oliveira. Na outra ponta da resposta ao Bradesco, os pecuaristas e as entidades de classe que os representam estão conclamando os correntistas ligados ao agronegócio para encerrar conta no banco.
 
FONTE: Sindijori-MG / Jornal da Manhã - Uberaba
 
 
 
 
LOCOMOTIVA IMPEDIDA DE CIRCULAR
 
Após a Locomotiva a Vapor 51 ter circulado em Além Paraíba no dia 21 de dezembro, levando o Papai Noel até o Vassourão, a empresa VLI, que detém a concessão do trecho da via férrea no município, acionou a justiça e conseguiu uma liminar concedida pela Juíza de Plantão - e a Locomotiva 51 não poderá mais trafegar nos trilhos da VLI. A assessoria de imprensa da prefeitura informou que o prefeito Miguel Belmiro Júnior e o vice José Márcio Fernandes ficaram indignados e afirmaram que lutarão em todas as esferas, jurídicas, administrativas e políticas, para reverter o que consideraram um absurdo.
 
FONTE: Sindijori-MG / Além Parahyba
 
 
 
 
COMEÇA A CONCESSÃO DO IBITIPOCA
 
O Instituto Estadual de Florestas (IEF) publicou a abertura da consulta pública para conhecimento e análise da minuta do edital e de seus anexos referentes ao futuro processo de licitação, na modalidade concorrência, para concessão do Parque Estadual de Ibitipoca, situado em Conceição do Ibitipoca, distrito de Lima Duarte, a cerca de 90 quilômetros de Juiz de Fora. O parque está na lista de 26 unidades de conservação do país que serão concedidas à iniciativa privada. O IEF também liberou a consulta para o Parque Estadual do Itacolomi, que fica nas cidades mineiras de Ouro Preto e Mariana.
 
FONTE: Sindijori-MG / Tribuna de Minas - Juiz de Fora
 
 
 
 
CLIMA AFETA CAFEICULTURA MINEIRA
 
As condições climáticas irregulares durante o ciclo de produção do café em 2021 fizeram com que Minas Gerais registrasse muitas perdas. Com o tempo mais seco e temperaturas mais altas e a incidência de geadas em algumas regiões, o potencial produtivo, que já seria menor pela bienalidade negativa, foi ainda mais afetado. No ano, o Estado colheu um volume total de 22,1 milhões de sacas de 60 quilos do grão, retração significativa de 36,1% sobre a safra anterior e 9,8% inferior a 2019, última safra sob o efeito da bienalidade negativa.
 
FONTE: Sindijori-MG / Diário do Comércio - Belo Horizonte
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp