23/12/2021 às 14h13min - Atualizada em 23/12/2021 às 14h13min

Publicado novo edital de licitação para concessão do circuito turístico de Poços

FONTE: Site da Prefeitura Municipal de Poços de Caldas - FOTOS: Victor Imesi / Arquivo-Divulgação
Cristo Redentor - FOTO:Victor Imesi
.
Novos estudos realizados pelo BDMG incluíram a Rampa de Voo livre à área de concessão e alongou o prazo para utilização do teleférico atual
 
A Prefeitura de Poços de Caldas publicou na segunda-feira (20/12) aviso de licitação de concessão de uso de bens públicos que tem por objetivo a seleção de empresa para a exploração econômica de atividades turísticas de visitação, bem como serviços dos equipamentos turísticos, incluídas obrigações de gestão, melhorias e operação dos equipamentos turísticos que compõem o Circuito Turístico Integrado de Poços de Caldas.
O modelo proposto para a concessão aprovado pelo poder municipal e estruturado pela equipe do BDMG, determina que a empresa vencedora assuma a gestão e operação do Circuito Turístico Integrado, formado pelo Complexo Turístico Cristo Redentor, com seu teleférico e com a Rampa de Voo Livre, a Fonte dos Amores, o Recanto Japonês, e o Complexo Turístico Véu das Noivas. Para isso, investimentos obrigatórios estimados em R$ 36,7 milhões deverão ser feitos para substituição de equipamentos, construção e melhorias nas instalações. Em contrapartida, a empresa vencedora poderá explorar economicamente os espaços por 35 anos.
 
“Os estudos agregaram maior viabilidade econômico-financeira ao projeto em relação ao edital de licitação publicado em outubro de 2020, ajustando-o ao contexto de pandemia e ao aumento generalizado dos custos”, afirma Elaine Soares, analista da equipe de estruturação do BDMG. Entre as principais melhorias estão a flexibilização de especificações técnicas do teleférico, concedendo maior liberdade ao concessionário para elaboração de um projeto que atenda à demanda do município; a alternativa de investimento com a reforma do teleférico atual e o consequente alongamento do prazo da sua utilização para até 10 anos ou até que se atinja o público de 143 mil usuários do teleférico; e a inclusão da Rampa de Voo Livre, localizada no Complexo Cristo Redentor, à área de concessão.
O município manterá a propriedade dos imóveis e será remunerado mensalmente por essa cessão, além de arrecadar recursos da concessionária com a cobrança do ISS sobre os serviços oferecidos.
 
PRÓXIMOS PASSOS - As empresas interessadas em obter mais informações devem procurar a Prefeitura de Poços de Caldas ou acessar o site da prefeitura: https://pocosdecaldas.mg.gov.br/. A sessão inaugural ocorrerá em 15 de fevereiro de 2022, às 10h30.
 
Saiba mais sobre os equipamentos turísticos:
 
COMPLEXO TURÍSTICO CRISTO REDENTOR - Localizado no alto da Serra de São Domingos, no ponto mais alto do município, é composto pelo Monumento Cristo Redentor, salão multiuso, estacionamento, rampa de acesso ao teleférico, calçadas, jardins circundantes, estrada de acesso e área de mata. Faz parte desse complexo o Teleférico, inaugurado há mais de 40 anos com o objetivo de transportar moradores e turistas do centro da cidade até o alto da Serra de São Domingos. É operado pela Prefeitura desde o ano de 2000. A empresa vencedora da licitação deverá fazer sua substituição por um teleférico novo no prazo máximo de 60 meses, caso opte por retomar a operação do equipamento atual em até 12 meses da assinatura do contrato. Caso a empresa prefira começar a operar diretamente com o equipamento novo, deverá iniciar a operação deste no prazo máximo de 30 meses.
 
FONTE DOS AMORES - É um dos atrativos mais antigos de Poços de Caldas. Conta com uma pequena cascata que surge em meio à vegetação, harmonizada com um projeto paisagístico e a famosa escultura e símbolo da cidade, feita em 1929 pelo italiano Giulio Starace, denominada “Grupo dos Amores”. Integrada à diversidade ecológica da Serra de São Domingos, a Fonte dos Amores tem um ar romântico, com lendas, poemas e estátua dedicada ao amor. O local também conta com bica de água potável proveniente da Serra, muito utilizada pela população. É também a partir da Fonte dos Amores que sai a principal trilha que dá acesso ao topo da Serra de São Domingos e aos pés do Cristo Redentor, descortinando uma belíssima vista panorâmica de Poços de Caldas, a 1.686 m de altitude.
 
RECANTO JAPONÊS - Foi aberto ao público em 1975 como agradecimento à cidade pela recepção a uma empresa japonesa de fertilizantes, mas é gerido pela prefeitura. O jardim tem paisagismo e construções que remetem à cultura japonesa – uma réplica dos jardins japoneses – e foi implantado em uma das encostas da Serra de São Domingos. O espaço foi projetado para ser um local de meditação e contemplação, proporcionando momentos de bem-estar e contato com a natureza.
 
COMPLEXO TURÍSTICO VÉU DAS NOIVAS - Também inaugurado em 1975, o complexo foi criado para oferecer uma estrutura capaz de atender os visitantes que iam contemplar a beleza das três quedas d’água que formam a cachoeira que dá nome ao local. Em meio a uma abundante área verde, o complexo possui restaurante, parquinho infantil e trenzinho, além de passeios, portaria, banheiros e estacionamento.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp