22/12/2021 às 15h58min - Atualizada em 22/12/2021 às 15h58min

NOTAS RÁPIDAS - 22/12

OURO PRETO VAI TER ECORESORT
 
Ouro Preto (MG) terá um ecoresort e condomínios de alto padrão que devem ser inaugurados até 2025. Na segunda-feira, 20, o grupo Ala Investimentos e Participações lançou a pedra fundamental do empreendimento turístico e assinou um protocolo de intenções com o governo de Minas. Serão investidos cerca de R$ 50 milhões até 2024 em um resort de luxo com 89 apartamentos na região, dos quais 24 serão destinados a um condomínio fechado.
O ecoresort está localizado a 29 km da cidade histórica de Minas, no KM 177 da MG-129, no meio do caminho entre os municípios de Ouro Preto e Ouro Branco, numa área de aproximadamente 10 mil m².
 
FONTE: Sindijori-MG / Jornal Correio - Conselheiro Lafaiete
 
 
 
 
 
AUDIÊNCIA DISCUTE PROJETO DE LEI QUE PRORROGA DATA PARA ADESÃO AO REFIS
 
A Câmara de Poços realizou nesta quarta-feira (22), às 16h, audiência pública para discutir o Projeto de Lei que altera dispositivos da Lei n. 9.457, que instituiu o Programa de Recuperação Fiscal - REFIS. A matéria, encaminhada pela Prefeitura, prorroga a data para adesão ao programa até 30/06/2022.
O REFIS tem como finalidade conceder benefícios com vistas à recuperação e à regularização dos débitos tributários ou não. Poderá optar pelo programa qualquer contribuinte, pessoa física ou jurídica, que tenha débitos e que esteja: inscritos ou não em dívida ativa; ajuizados ou não; parcelados; com defesa ou recurso no âmbito administrativo, em qualquer instância.
O encontro foi transmitido pelas páginas do Facebook e YouTube.
 
FONTE: Assessoria de Imprensa da Câmara de Poços de Caldas
 
 
 
 
INDÚSTRIAS MINEIRAS FECHAM NOVEMBRO COM PRODUÇÃO MAIOR E MAIS EMPREGOS
 
A Sondagem Industrial de Minas Gerais relativa a novembro, feita pela FIEMG, mostra avanço da produção e recuo menos intenso do número de empregados no setor. A utilização da capacidade instalada foi inferior à usual para o mês, mas cresceu em relação à registrada em outubro e foi superior à sua média histórica. Além disso, as empresas encerraram novembro com os estoques acima do nível planejado - após 18 meses abaixo do patamar -, o que sugere menor dificuldade na aquisição de insumos e matérias-primas. As expectativas dos empresários para os próximos seis meses se mantiveram positivas pela 18ª vez consecutiva.
Os industriais mostraram mais otimismo quanto à demanda, à compra de matérias-primas e ao número de empregados. As intenções de investimento, no entanto, recuaram pelo segundo mês seguido. O índice de evolução da produção cresceu 3,5 pontos entre outubro (46,9 pontos) e novembro (50,4 pontos).
Acesse aqui a íntegra da Sondagem Industrial de Minas Gerais.
 
FONTE: Jornalismo FIEMG
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp