20/12/2021 às 16h19min - Atualizada em 20/12/2021 às 16h19min

Desastre de comunicação

FONTE E FOTO: MediaTalks By J&Cia
Um vídeo polêmico de uma campanha publicitária da maior marca de laticínios da Coreia do Sul viralizou nas redes sociais e fez com que a empresa tivesse que se desculpar com os consumidores - e principalmente com as consumidoras.
A criativa agência de propaganda resolveu fazer uma homenagem às mulheres, comparando-as à doçura e à vida natural das vacas. Mas muita gente não achou graça, e a Seoul Milk ganhou fama mundial, só que negativa.  
Em agosto, um outro vídeo publicitário polêmico também saiu do ar, na Espanha. O filme, mostrando um gay que se transformava em homem hétero após comer um chocolate Snickers, foi considerado homofóbico.
 
O VÍDEO POLÊMICO - O anúncio da marca coreana, veiculado no YouTube, começa com um homem filmando secretamente um grupo de mulheres em um campo - ou pasto - perto de um riacho. 
Uma voz lembrando a locução de documentários de natureza descreve a dieta delas e a vida livre de estresse, mostrando uma bebendo água de uma folha e outras praticando ioga. 
O narrador diz: ‘Finalmente conseguimos capturá-las com a câmera em um lugar imaculado, onde a natureza é preservada em sua pureza. Elas bebem água limpa da natureza pura, adotam uma dieta orgânica ecológica e vivem em paz em um ambiente agradável. Vou tentar abordá-los com cautela … “
Quando ele se aproxima, pisa em um galho e acaba chamando a atenção de uma das mulheres. Todas são então transformadas em vacas malhadas. Ao final, uma muge alto para a câmera, parecendo bem estressada depois de ter sua paz perturbada. 
 
O vídeo polêmico desencadeou reação nas mídias sociais tão logo postado no canal oficial da Seoul Milk no YouTube, no dia 29 de novembro. Mas ficou um bom tempo lá, e só foi removido em 8 de dezembro. Já era tarde, pois a história se espalhou pelo mundo.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp