09/12/2021 às 15h03min - Atualizada em 09/12/2021 às 15h03min

+ DO TURISMO - 09/12

,
GOLLOG inaugura Espaço Pet no Aeroporto de Congonhas
 
Não só os humanos podem usufruir de um local de descanso e conforto nos aeroportos, como as salas VIP, por exemplo. Pensando na comodidade dos amigos peludos dos clientes, a GOLLOG, unidade de soluções logísticas da GOL, preparou um Espaço Pet em Congonhas (CGH), São Paulo, para descanso dos animais no pré-embarque e após desembarcarem.
No local, além de água e comida, os animais vão poder tirar uma soneca para descansar, em um ambiente arejado, enquanto esperam o seu voo. Na volta pelo mesmo aeroporto, eles podem passar por lá novamente para desestressar da viagem, tomar uma água, comer ração e fazer novos amigos pets.
A GOLLOG pretende ampliar o projeto dos Espaços Pet. Em breve, a Companhia deve lançar uma área de descanso para os animais no aeroporto internacional de Guarulhos (GRU).
Para mais informações sobre a GOLLOG e contratação de serviços, basta acessar o site por este link .
 
FONTE: In Press Porter Novelli
 
 
 
 
GRU Airport anuncia retorno da operação internacional no Terminal 2 a partir de 5 de janeiro de 2022
 
A GRU Airport, concessionária que administra o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, anuncia que a partir do dia 5 de janeiro de 2022, o Terminal 2 voltará operar voos internacionais das seguintes companhias aéreas: Aerolíneas Argentinas, Air Europa, Aeroméxico, Amaszonas, Avianca, Boliviana de Aviación, Gol, Sky e TAAG.
Por conta da pandemia, os procedimentos internacionais estavam consolidados no Terminal 3 desde abril de 2020. Com a reabertura do Terminal 2, a expectativa é de que cerca de 5 mil passageiros de voos internacionais circulem diariamente pelo local, além dos passageiros domésticos das empresas nacionais.
"O retorno das operações internacionais no Terminal 2 vai melhorar a distribuição das companhias aéreas, aumentar a eficiência da nossa operação e trará mais conforto e comodidade a todos os usuários do aeroporto", afirma o presidente da GRU Airport, Gustavo Figueiredo.
Mesmo com o retorno das operações internacionais, o Terminal 2 seguirá também com os embarques e desembarques de voos domésticos. Atualmente, as companhias que ali operam são Gol, Itapemirim, Latam e Passaredo.
 
VIAGENS INTERNACIONAIS - Para informações sobre a documentação necessária para embarque em voos com destinos internacionais, a recomendação é que além da companhia aérea, também seja consultado um órgão fiscalizador ou o site oficial do país.
Atualmente, o Aeroporto conta com 28 empresas nacionais e internacionais operando regularmente para 29 destinos internacionais, representando uma retomada de 58% quando comparado com os 50 destinos frequentemente operados antes da pandemia.
 
FONTE: GRU Airport - eduardo@danthi.com.br
 
 
 
 
 
Emissão de vistos americanos segue em alta um mês após reabertura do serviço
 
Há exato um mês, a embaixada e os consulados dos Estados Unidos no Brasil retomaram as emissões de todos os tipos de vistos para brasileiros que planejam ir para o país norte-americano. Para o advogado especializado em imigração Felipe Alexandre, a medida já vem surtindo efeitos na quantidade de entrevistas realizadas pelos órgãos consulares. “Estamos vendo progresso, as pessoas estão com mais acesso às entrevistas, principalmente para vistos de turistas e, para estudantes, também tem havido maior disponibilidade. No entanto, é importante perceber, obviamente, que estão priorizando as entrevistas para pessoas que já têm petições migratórias aprovadas”, explica Alexandre, sócio-fundador da AG Immigration, escritório de advocacia com sede na Califórnia e especializado em levar brasileiros e profissionais do mundo todo para trabalhar nos EUA.
“Ano que vem é que realmente vamos sentir um grande impacto dessa reabertura”, complementa o especialista, ressaltando que há uma grande demanda represada em razão dos meses em que o serviço de emissão ficou suspenso.
De acordo com as regras vigentes desde 6 de dezembro, podem entrar nos Estados Unidos os viajantes completamente imunizados que apresentem, antes do embarque, o comprovante de vacinação - incluindo o nome, a data de nascimento, o produto vacinado e as datas da administração de todas as doses - e um teste PCR ou antígeno negativo feito até um dia antes do embarque.
“Serão aceitas todas as vacinas aprovadas integralmente e para uso emergencial pelo FDA [o órgão de vigilância sanitária dos Estados Unidos] e a Organização Mundial da Saúde (OMS), incluindo o mix de vacinas. A dose final deve ser administrada ao menos duas semanas antes do embarque para os EUA”, explica a representação diplomática americana no Brasil em nota divulgada em seu site.
Na última quinta-feira (2), o presidente dos EUA, Joe Biden, anunciou uma série de medidas para combater a disseminação da variante Ômicron no país. “A Administração de Segurança de Transporte estenderá suas ordens de implementação para manter esses requisitos até 18 de março. As multas continuarão a dobrar de seus níveis iniciais para o descumprimento dos requisitos de mascaramento - com uma multa mínima de $ 500 e multas de até $ 3.000 para infratores reincidentes”, alerta a Casa Branca.
 
FONTE: Fernanda Thomaz - prensa@thomazassessoria.com

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp