09/12/2021 às 15h12min - Atualizada em 09/12/2021 às 15h12min

Especialista em passagens aéreas dá dicas para evitar cair no mito que comprar com antecedência é mais barato

FONTE E FOTO: Patricia Vivas - hochmuller.com.br@enviosreleases.com
,
Procurar passagens de sábado para domingo, por volta de 5h, é uma das técnicas ensinadas por Ana Stier
 
A influenciadora e especialista em passagens aéreas Ana Stier conta que pagou R$1,5 mil em um voo direto para Nova York - cidade que ocupa o ranking de lugares mais procurados para os festejos de fim de ano, segundo pesquisa da Decolar - com menos de uma semana de antecedência, utilizando apenas técnicas que aprendeu ao longo dos 16 anos em que viaja.
"Vejo muitas pessoas com medo de terem perdido a chance de viajar por não terem comprado a passagem em uma data específica de promoção ou por estar ‘muito em cima da hora’, mas a realidade é que ainda dá tempo de comprar e por um preço justo. Não precisamos nos desesperar", inicia.
Ela diz que o primeiro passo para comprar uma passagem em conta é não cair no mito que comprar com antecedência é comprar mais barato. "Uma vez que o local de destino é decidido, o ideal é ver o melhor período para visitar e ficar de olho no preço das passagens, que pode variar muito. Você não precisa comprar a sua passagem com muita antecedência, pois isso não significa que ela vai estar no melhor preço", afirma.
Ana conta, em seu curso de viagens, que quem não sabe comprar passagem aérea fica na esperança e expectativa de promoções ou datas específicas, mas a verdade é que os preços chegam a oscilar três vezes em um único dia.  "Gosto de indicar sempre que as pessoas olhem os preços de sábado para domingo, por volta de 5h. Na minha experiência, esse é o melhor dia e horário para pesquisar preços", diz.
Outra dica compartilhada pela influenciadora é ter uma flexibilidade entre dois e três dias para o início e fim da viagem.  "Você não precisa mudar todo o seu planejamento, mas ter uma janela entre dois e três dias para iniciar e encerrar a viagem pode te fazer economizar. É uma questão matemática de conseguir uma taxa melhor, tanto para viagens nacionais como internacionais."
Por fim, a especialista cita o chamado ‘Skiplagging e fala sobre a importância de considerar pegar um voo que faça escala com o destino desejado.  "As pessoas cometem o erro de só comprar a passagem em que o destino final seja onde elas querem chegar, quando na verdade podem descer antes de voos que fazem escala. A única questão é que elas não poderão despachar mala, mas se esse já não era um plano não há problema", finaliza.
 
SOBRE ANA STIER - A curitibana Ana Stier ministra o curso 'Que Viagem', onde ensina tudo sobre este universo - desde como economizar dinheiro nas passagens e hospedagens, até dicas imperdíveis. A empresária é viajante há 16 anos e nômade há cinco. Em mais de uma década, ela parou de contar quando passou pelo seu 45º país e hoje acumula mais de 90 mil seguidores nas redes sociais.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp