01/12/2021 às 14h01min - Atualizada em 01/12/2021 às 14h01min

Museu do Ipiranga lança linha do tempo digital

FONTE: Conteúdo Comunicação - FOTOS: Divulgação

Por meio de plataforma interativa, é possível explorar os fatos históricos sobre a Independência do Brasil e a construção do Edifício-Monumento, bem como a evolução das obras atuais de restauro e ampliação e o cuidado dispensado ao acervo no período em que o Museu ficou fechado
 
A cada dia mais próximo da reabertura, o Museu do Ipiranga lança uma linha do tempo digital e interativa, com recursos de vídeo, áudio, imagens e arquivos. Desenvolvida em parceria com a plataforma Timelinefy, a linha do tempo do Museu é dividida em três vertentes: a primeira delas, contendo os principais fatos históricos envolvendo a Independência do Brasil e a construção e história do Museu; a segunda, com a cronologia das obras de ampliação e restauro do Edifício-Monumento; e por fim, uma linha que conta o cuidado com o acervo durante as obras. À medida que a obra avança, a linha do tempo será atualizada periodicamente, até a sua conclusão.
 
Por meio de recursos audiovisuais e ferramentas de conexões entre as linhas, a plataforma possibilita o entendimento das relações entre eventos do passado e do presente, conectando a história do país, do Museu, do acervo e das obras atuais em uma experiência interativa. A linha do tempo conta com recursos de acessibilidade, como libras e audiodescrição, e será disponibilizada gratuitamente no novo site da instituição, a ser lançado em breve. Até lá, o conteúdo pode ser acessado na plataforma parceira, neste link .
 

"Ao longo desses quase dez anos em que esteve fechado, o Museu do Ipiranga realizou inúmeras atividades em diversas frentes. Agora, já em contagem regressiva para a reabertura, é fundamental retomarmos esta memória", comenta a professora Solange Ferraz de Lima, presidente da Comissão de Cultura e Extensão do Museu do Ipiranga. "Com a Linha do Tempo, o público terá a oportunidade de entender em profundidade a trajetória deste projeto de restauro sem precedentes no Brasil, assim como as diversas frentes de atuação que compõem o Novo Museu do Ipiranga", conclui.
Todo o conteúdo foi reunido por meio de um trabalho cuidadoso de pesquisa, coordenado pelas equipes do Museu. Já a coordenação de pesquisa ficou por conta da pesquisadora Clara Sampaio, da equipe da Timelinefy, responsável pela produção. Para Clara, "o projeto torna possível uma valorização e consolidação da memória e do patrimônio, pois amplia o acesso a essa história. Ao mesmo tempo, contribuirá também para diversificar a experiência dos visitantes, que vão poder conhecer algumas das principais transformações passadas pelo Museu ao longo dos últimos dois séculos".
 
A Linha do Tempo do Museu do Ipiranga é uma das diversas ações que fazem parte da programação que antecede a reinauguração do Museu, marcada para setembro de 2022, no Bicentenário da Independência.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp