22/01/2021 às 14h51min - Atualizada em 22/01/2021 às 14h51min

Vereador busca informações sobre situação da Represa Bortolan

FOTOS E FONTE: Assessoria de Comunicação Social da Câmara Municipal
Surgimento de grande quantidade de aguapés preocupa o Legislativo
 
Mesmo durante o recesso parlamentar, os vereadores têm feito visitas em diversos setores da Prefeitura e, também, buscado informações junto ao Executivo sobre as demandas apresentadas pela população. No último dia 12, o vereador Kleber Silva (Novo) encaminhou um ofício ao diretor-superintendente da empresa DME Distribuição, Alexandre Postal, solicitando dados a respeito da atual situação da Represa Bortolan, principalmente após o surgimento de grande quantidade de aguapés no local.
No documento, o parlamentar salienta a necessidade de medidas a longo prazo para resolver o problema. “Sabemos que, desde 2011, a Represa Bortolan se encontra em desequilíbrio e o DME realiza monitoramento da qualidade da água para acompanhamento de possíveis alterações que possam causar a morte de peixes. Sabemos, também, que esses aguapés estão em maior quantidade devido ao período chuvoso, com maior vazão da água, por isso queremos informações sobre as ações que podem ser adotadas para recuperação do local. Existe alguma empresa responsável pela retirada dos aguapés? Qual o custo dessa manutenção?”, questiona o vereador.
Kleber Silva aborda, ainda, outras questões sobre a represa, entre elas a última vez em que foi realizada a análise da água, a existência de projetos de recuperação e a forma como é feita a fiscalização e autuações em casos de poluição. “O objetivo é ter conhecimento do que vem sendo feito e o que pode ser adotado daqui para frente, visando à melhoria das condições da Represa Bortolan”, conclui.
 
Excesso de aguapés preocupa moradores e comerciantes do Bortolan
 
O aparecimento em excesso de aguapés na Represa Bortolan tem preocupado moradores e comerciantes da região. Procurado pela comunidade, o vereador Flávio Togni de Lima e Silva (PSDB) se reuniu, dia 20 de janeiro, com o presidente da DME Participações José Carlos Vieira para tratar do assunto.
Os aguapés, comuns em alguns períodos do ano, são plantas aquáticas que se proliferam rapidamente. Segundo o vereador, elas tomaram conta do espelho d’água da Represa Bortolan, nas proximidades da Barragem, fato que chamou a atenção da população. “Recebi esta demanda e, este ano, o aparecimento dos aguapés está além do que geralmente verificamos. Fui até a empresa DME para conversar com o presidente, José Carlos, que junto com toda equipe está atento a esta questão. Na ocasião, fui informado de que a DME já contratou uma empresa para fazer o levantamento das possíveis causas desta situação, o que vai embasar uma solução definitiva. Teremos este diagnóstico nas próximas semanas. Reforcei o pedido por alguma ação que possa promover ao menos a liberação do espelho d’água neste primeiro momento. Permaneço acompanhando a questão e me coloquei à disposição da diretoria da DME, no que for possível e necessário, para envolver a comunidade na busca por uma solução viável e definitiva”, disse Flavinho.
O presidente da DME Participações informa que o aparecimento de aguapés, especialmente na Represa Bortolan, é um problema recorrente e que causa prejuízos para a geração de energia, o turismo e a comunidade de maneira geral. “Este material é um complicador que precisa ser contido para não entrar nas usinas. Não podemos simplesmente retirar estas plantas da água, porque elas agem como um filtro, acumulam metais pesados. Desta forma, a DME contratou empresa especializada para a elaboração de laudo técnico, o qual indicará as causas do surgimento e proliferação dos aguapés”, declarou Vieira.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp