29/11/2021 às 15h11min - Atualizada em 29/11/2021 às 15h11min

Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas chega na reta final

FONTE E FOTOS: Assessoria de Comunicação - Emater-MG
,
Julgamento dos grãos finalistas será realizado nesta segunda-feira (29/11), em Belo Horizonte

O mercado de cafés especiais cresceu consideravelmente nos últimos anos e a cada vez mais temos acesso a produtos bons e de qualidade, principalmente, os grãos provindos das terras mineiras. Essa expansão no setor cafeicultor tem levado as pessoas a procurarem saber mais sobre a origem dos produtos e sua qualidade. Para valorizar esses cafeicultores que são apaixonados pelo que fazem, o Governo de Minas, por intermédio da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura (Seapa), realiza há 18 anos o Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais.

Neste ano, a etapa final de julgamento dos grãos finalistas será realizada nesta segunda-feira (29), no mezanino do Verdemar Sion, parceiro do concurso. Durante o evento, serão analisadas as 40 amostras classificadas na segunda etapa da premiação. Os cafés vão ser avaliados por uma comissão formada por especialistas em cafés especiais, no período de 7h30 às 13h.
As amostras vão ser submetidas à análise sensorial, de acordo com a metodologia da Associação de Cafés Especiais (SCA), sendo observados atributos como fragrância, aroma, sabor, acidez, corpo, uniformidade, ausência de defeitos, doçura, finalização, equilíbrio e avaliação global. "O grupo de jurados é coordenado pelo provador Jorge Menezes, um dos profissionais da área mais respeitados no país, e reúne vários provadores com larga experiência em provas comerciais de café especiais", explica o coordenador de Cafeicultura da Emater-MG, Bernardino Cangussú.

Neste ano, o Concurso Estadual de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais recebeu a inscrição de 1.557 amostras, das quatro regiões produtoras de café do estado: Sul de Minas, Matas de Minas, Cerrado e Chapada de Minas. A maior parte dos participantes é formada por agricultores familiares.

Todos os finalistas receberam nota acima de 84 pontos (de um total de 100), na metodologia da SCA. "Este ano, os cafés estão com ótimas notas. Acreditamos que as notas serão mais altas que a edição anterior. Isso em função de condições climáticas e do maior cuidado que os produtores estão tendo. Os técnicos da Emater-MG vêm orientando muito os cafeicultores nesse quesito de qualidade", explica o coordenador da Emater.

NAS GÔNDOLAS - Os cafés campeões do concurso poderão ser degustados em breve pelos consumidores, através de uma linha de grãos especiais, lançada pelo supermercado Verdemar. Desde 2018, a rede é parceria do Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais. A parceria possibilitou aproximar ainda mais o público consumidor dos grãos especiais, além de valorizar essa produção, que em sua maioria é proveniente da agricultura familiar. A rede de supermercados adquire os grãos campeões e lança, em suas 16 lojas, a linha especial com os grãos premiados.
"Na embalagem colocamos a foto do cafeicultor e contamos uma breve história da origem dos grandes campeões, uma forma de criar ainda mais identidade entre os produtos e os clientes. Tudo feito com primor e cuidado", destaca o diretor Comercial do Verdemar, Alexandre Poni.

Poni ressalta que o supermercado atua como um canal para distribuição dos produtos mineiros. "Essa iniciativa que o Verdemar está fazendo, não é para engrandecimento da rede em si, é para dar destaque ao setor cafeeiro. E penso que a gente também vai valorizando o que é de Minas. Queremos que nossos clientes tenham acesso a esses grãos, experimentem, criem identidade e valorizem esse produto que é mineiro e feito com tanto cuidado e amor", conta.

PREMIAÇÃO - A solenidade de premiação do concurso ocorrerá de forma online, no dia 10 de dezembro, em live no canal da Emater no Youtube. Nela, serão conhecidos os três primeiros colocados de cada região produtora em cada categoria e o grande campeão estadual (a maior nota do concurso). Também será destacada a cafeicultora que obtiver a melhor pontuação entre os finalistas.

O Concurso é promovido pelo Governo de Minas Gerais, por meio da Emater-MG e Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa), em parceria com a Universidade Federal de Lavras (Ufla), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas e a Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão (Faepe).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp