25/11/2021 às 14h35min - Atualizada em 25/11/2021 às 14h35min

Festival FONTE trouxe inspiração e conexão para empreendedores e potenciais empreendedores sociais no sul de Minas

FONTE E FOTOS: A Guarda-Chuva
O Festival FONTE de Empreendedorismo Social, que aconteceu nos últimos dias 16, 17 e 18 de novembro, teve sua estreia com muita expressão e significado e já garantiu lugar na agenda anual de atividades da Associação A Guarda-Chuva, que atua na formação de empreendedores sociais desde 2015.
Foram três noites de encontros online que celebraram a Semana Global de Empreendedorismo e trouxeram como missão inspirar, conectar e desenvolver em pessoas e organizações de Poços de Caldas e do sul de Minas Gerais o campo do empreendedorismo social e as possibilidades para a construção de negócios e organizações de impacto social.
 
Na primeira noite, os encontros foram guiados a partir de um olhar sobre o desenvolvimento humano, destacando pontos como a imaginação, a intuição e a inspiração com o convidado Gustavo Bonafé. A convidada Mari Regina, também atração da noite, trouxe para o Festival o conjunto de competências humanas globais, reconhecimento de habilidades, educação transformadora e ampliação de redes e sonhos que fazem parte do seu projeto.
No segundo dia, a convidada Ariane Santos falou sobre o impacto do empreendedorismo social na transformação de realidades, geração de renda e o fazer juntos, através da sua história de vida e do Negócio Social Badu Desing. A segunda convidada da noite, Belinha Soares, do Projeto Reconstruindo Vidas e do negócio de impacto Seivas do Cerrado, trouxe a importância do impacto econômico do empreendedorismo social e inovação para as organizações do terceiro setor, visando a criação de novos produtos e marcas de impacto.
Para finalizar o Festival Fonte, o convidado Edu Seidenthal apresentou a ideia do Eupreendedorismo e o pensar sobre o “eu sou porque somos - UBUNTU”, abordando sobre a importância de pensar no outro e nas relações que construímos com o ecossistema e a liderança servidora. Andréia Duarte, que finalizou as apresentações dos convidados, falou sobre as redes colaborativas e a geração de impacto socioambiental positivo.

Para Marilda D’ambrósio, da A Guarda-Chuva, “o Festival Fonte foi um encantamento e de uma energia crescente que tomou conta de cada dia dos encontros, com muita interação e integração, reconhecimento entre convidados e participantes e de trocas de experiências e ideias.”

A primeira edição do Festival FONTE de Empreendedorismo Social impactou mais de 50 pessoas, entre participantes e convidados. Além das falas dos convidados, aconteceram também momentos de trocas entre os participantes, que puderam aprofundar sobre os temas propostos.

O Festival contou ainda com a parceria do Investidor Social POLLO ENGENHARIA, com os Benfeitores Sociais Nina Forlin, Silva e Zanetti Hortifruti, Projeto Elas por Elas e a Poços Print, que possibilitaram a participação de mais pessoas através do financiamento de bolsas, além do apoio do Portal Brand-News, rádio Onda Poços, Portal Poços.com e Master Web rádio.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp