19/11/2021 às 15h46min - Atualizada em 19/11/2021 às 15h46min

30% dos brasileiros são hipertensos; saiba como prevenir a doença

FONTE E FOTOS: Fabiano de Abreu - mf@pressmf.global

O médico cardiologista Roberto Yano explica como prevenir e controlar a hipertensão arterial

Em tom de alerta, a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) apontou em 2021 que cerca de 30% dos brasileiros são hipertensos, condição potencialmente grave na qual a pressão do sangue exercida na parede das artérias ocorre acima do esperado, podendo sobrecarregar órgãos vitais como o coração, o cérebro e os rins. Quando não tratada, a hipertensão pode levar a insuficiência renal e cardíaca, acidente vascular cerebral (AVC), infarto agudo do miocárdio (IAM), além de outras doenças.

Para prevenção, o médico cardiologista Roberto Yano destaca a importância de hábitos saudáveis. "Sabemos que o exercício físico reduz a pressão arterial. Sendo assim, tanto indivíduos hipertensos e não hipertensos deveriam fazer exercício de rotina. O mínimo preconizado é de se realizar 150 minutos de atividade física por semana. Outra coisa muito importante é ter uma dieta equilibrada, já que a alimentação influencia diretamente na pressão arterial e em toda a saúde do nosso corpo", diz.
 
Ao pautar uma dieta equilibrada, Roberto Yano destaca os alimentos saudáveis como frutas, hortaliças, oleaginosas, frangos e peixes'. Fritura, produtos com alto índice de sódio, doces industrializados e carne vermelha devem ser evitados.


 
O excesso de sal na dieta e o consumo de bebidas alcoólicas também são capazes de desencadear e intensificar quadros de hipertensão arterial. Segundo o médico cardiologista, uma vez que a doença é diagnosticada, deve-se iniciar o tratamento imediatamente, seja através de mudança de estilo de vida, com melhora da alimentação, controle do peso, redução dos níveis de estresse e intensificação do exercício físico, e em alguns casos até iniciar com terapia medicamentosa associada.
 
 
SOBRE ROBERTO YANO - Dr. Roberto Yano é médico cardiologista e especialista em Estimulação Cardíaca Artificial pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular e Associação Médica Brasileira (AMB). Hoje suas redes sociais contam com um número expressivo de seguidores: são mais de 1 milhão, bem engajados entre Facebook, Youtube e Instagram. O seu intuito é divulgar informações valiosas aos seus seguidores, sempre visando os preceitos do código de ética médico.


 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp