09/11/2021 às 14h27min - Atualizada em 09/11/2021 às 14h27min

Audiência para tratar das ações da INB acontece nesta quarta-feira

FONTE E FOTOS: Assessoria de Imprensa da Câmara de Poços de Caldas
,
A Câmara de Poços realiza na quarta-feira (10), às 15h, audiência pública para discutir as ações das Indústrias Nucleares do Brasil (INB), em especial com relação à possibilidade do Planalto de Poços de Caldas se tornar depósito de rejeito final de material radioativo transferido de outros locais. O debate foi proposto pela vereadora Regina Cioffi (PP).
 
A parlamentar relembra, no Requerimento aprovado em Plenário solicitando a audiência, todo o histórico de início das atividades de exploração de urânio no Brasil e de transferência de lixo radiativo para o município de Caldas. “Diante de todas as questões que envolvem esse assunto, desde o início das atividades, transferência de 12 mil toneladas de lixo radioativo da Usina de Santo Amaro no passado, a necessidade de execução de Plano de Recuperação de Área Degradada e, agora, a possibilidade de nova transferência de material vindo de Unidade de Descomissionamento em Interlagos, São Paulo, estamos propondo esse encontro. Vários debates já foram realizados e a Câmara de Poços também está trabalhando no intuito de dialogar, considerando que a proteção ao meio ambiente é o princípio que deve nortear todas as relações sociais, inclusive econômicas e, em especial, aquelas voltadas à exploração de recursos naturais”, declara.
 
Regina ressalta, ainda, que a INB, geograficamente, está no município de Caldas, mas que Poços de Caldas e Andradas também podem ser impactadas por possíveis agravos ambientais. “Os municípios de Poços e Andradas se encontram no Planalto de Poços de Caldas. O Rio das Antas fica à jusante da última barragem das Águas Claras, sendo que o mesmo cruza o Cipó, que é o rio que abastece em torno de 70% do município de Poços”, comenta.
 
No Requerimento aprovado, a vereadora pontua algumas questões que devem nortear a audiência pública, entre elas: PRAD (Plano de Recuperação de Áreas Degradadas); condições do galpão onde estão armazenados os rejeitos; análise da Bacia de Águas Claras; Decreto n. 40.969, que proíbe o ingresso de rejeito radioativo no Estado de Minas; operação realizada, atualmente, pela INB; possível transporte de Torta II para o Planalto de Poços de Caldas.
 
O evento será transmitido pelo Facebook e YouTube da Câmara e as dúvidas podem ser enviadas pelo WhatsApp (35) 3729-3800.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp