25/10/2021 às 15h24min - Atualizada em 25/10/2021 às 15h24min

Alcoa Poços de Caldas prepara-se para a Certificação ASI

FONTE E FOTO: Opção Comunicação - Assessoria de Imprensa Alcoa Poços de Caldas
Fábrica da Alcoa em Poços de Caldas prepara-se para a Certificação ASI (Aluminium Stewardship Initiative)

A busca pela certificação demonstra o compromisso da empresa em apoiar práticas responsáveis e sustentáveis na Cadeia de Valor do Alumínio
 
Desde que iniciou suas atividades no Brasil, em 1965, a Alcoa investe em ações para minimizar o impacto de suas operações e contribuir para melhorar a qualidade de vida das comunidades do seu entorno, antes mesmo do conceito de Sustentabilidade fazer parte do dia a dia das empresas. Foram inúmeros os investimentos para o desenvolvimento da comunidade. Em 1974, iniciou a reabilitação das áreas mineradas na região, um trabalho reconhecido mundialmente e que serviu de base para o primeiro manual do IBAMA (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente) sobre o tema.
Ao longo dos anos, várias iniciativas foram implantadas, não só para minimizar os impactos ambientais como no desenvolvimento de produtos sustentáveis. Dois importantes exemplos na Unidade de Poços de Caldas são a utilização do uso da sucata de alumínio na produção de tarugos, que praticamente triplicou nos últimos anos, e a implantação do Filtro Prensa. Este projeto marca o início de uma nova era na Unidade com a mudança de tecnologia de disposição de resíduos de bauxita para seco, garantindo a continuidade das operações da Unidade, e atendendo às exigências da Companhia e à Legislação Estadual de Segurança de Barragens.
 
Agora, a Unidade de Poços de Caldas deu mais um passo para demonstrar seu compromisso em apoiar e promover práticas responsáveis com a preparação da Fábrica para certificar-se de acordo com o padrão de desempenho do Aluminium Stewardship Initiative (ASI). “Acreditamos que esse é um importante passo para agregarmos ainda mais valor aos nossos produtos, contribuindo para a sustentabilidade na cadeia de valor do alumínio”, destacou Fabio Martins, Gerente Geral de Operações da Unidade. “Esta também será mais uma forma de, junto à Alcoa Global, mostrarmos nosso compromisso com a Sustentabilidade dos negócios para todos os nossos stakeholders: colaboradores(as), parceiros(as), concorrentes, governos e comunidades onde operamos”.
 
A auditoria de Certificação está agendada para março do ano que vem. As outras duas localidades da Alcoa no país - Alumar (MA) e Juruti (PA) - já possuem. A busca pela certificação demonstra o compromisso da empresa em apoiar práticas responsáveis e sustentáveis na Cadeia de Valor do Alumínio. A ASI é uma organização externa, não governamental e sem fins lucrativos, criada em 2012 com a missão de administrar uma certificação de sustentabilidade de terceira parte e independente da cadeia de valor do Alumínio.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp