20/10/2021 às 14h20min - Atualizada em 20/10/2021 às 14h20min

Mitos e verdades sobre a calvície e a queda de cabelos

Cabeleireiro, Visagista, Tricologista e Colorista - Studio JG Visagismo
Whats: (35) 9 9127-4885
Figura meramente ilustrativa - Reprodução Google

"Raspar a cabeça evita a calvície”
Mito. É habitual ver homens rasparem a cabeça quando começam a perder o cabelo. Mas os que fazem isto pensando em estimular o crescimento dos fios, estão equivocados. Isto porque a raspagem não afeta o desenvolvimento do folículo, que é onde fica a raiz do fio de cabelo.
 
"Lavar o cabelo com frequência faz mal
Mito. Alguns dizem que as substâncias químicas presentes no xampu podem danificar o couro cabeludo quando lavado com muita frequência. Na verdade, alguns xampus propiciam ação bactericida, fungicida e desinflamam o couro cabeludo.
 
"Não se deve usar secador de cabelo”
Mito. De forma geral, especialistas dizem que isto não é verdade, mas alguns cuidados são necessários, como evitar temperaturas muito altas, capaz de provocarem queimadura no couro cabeludo.
Quando secados de forma correta, evita-se fungos no couro cabeludo, e assim, previne-se a queda.
Cuidado para os cabelos não enroscarem na escova, isto gera tração mecânica, arrancando os fios.
 
"Usar elásticos de cabelo leva à queda de cabelo”
Verdade. Isto pode acontecer quando o elástico fica muito apertado, provocando arrancamento da haste capilar. Também quando presos, molhados.
 
"Chapéu faz o cabelo cair”
Mito. Também não é verdade. Mas, deve-se evitar que eles apertem a cabeça, já que isto pode bloqueará a circulação sanguínea que estimula o crescimento do cabelo.
 
"Se ficou grisalho, não ficará calvo”
Mito. A calvície é, em grande parte, um fator genético. O uso de medicamento, doenças, estresse, contribuem para a queda. Portanto, quem tem cabelos grisalhos, pode também ficar calvo.
 
"A dieta afeta o cabelo”
Verdade. A deficiência de vitaminas pode ser muito prejudicial para nosso cabelo, como ao resto do corpo. Equilíbrio na alimentação proporciona cabelos fortes e evita queda.
 
"Os esteroides aceleram a queda de cabelo”
Verdade. Alguns esteroides usados no treinamento físico têm altos níveis de dihidrotestosterona, um hormônio presente na testosterona, responsável pela alopecia androgenética - a calvície ligada à predisposição genética. Com isso, podem provocar queda dos fios.
 
Em caso de calvície, a recomendação é procurar um médico tricologista, que indicará tratamento específico. Cabeleireiros com formação em tricologia podem ajudar também. Além disso, alimentação saudável, beber água, cuidar da assepsia dos fios e couro cabeludo, e usar produtos de boa qualidade e de forma correta, propiciam saúde às madeixas.




*O Brand-News não se responsabiliza por artigos assinados por nossos colaboradores
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp