11/10/2021 às 15h22min - Atualizada em 11/10/2021 às 15h22min

150 anos de Poços de Caldas terá tela digital com contagem regressiva para a grande festa

FONTE e FOTO: Secretaria Municipal de Comunicação Social da Prefeitura de Poços de Caldas/ FOTO: Brand-News
,
Primeira reunião da comissão de organização foi realizada na última sexta-feira; eventos e atividades culturais vão se estender por um ano inteiro
 
Criatividade e respeito à história de Poços de Caldas serão as tônicas das comemorações do aniversário de 150 anos do município, celebrado em 6 de novembro de 2022. De acordo com a prefeitura municipal, o início das celebrações terá como marco o 6 de novembro de 2021, com um ano inteiro de eventos e atividades culturais que ficarão registrados para a posteridade.
 
A primeira reunião oficial da Comissão para Organização da Programação dos Eventos Comemorativos do Aniversário de 150 anos de Poços de Caldas foi realizada no final da tarde da última sexta-feira (8). E o local não poderia ser mais apropriado: a Biblioteca Nilza Botelho Megale, no Museu Histórico e Geográfico, que preserva grande parte do acervo histórico da cidade e presta homenagem à historiadora, museóloga e escritora, autora, entre outros, de “Memórias Históricas de Poços de Caldas”.
 
“A comissão tem total liberdade para criar e elaborar uma programação que esteja à altura dessa data tão importante, levando em conta nossa riqueza cultural, artística, turística e histórica. São pessoas de diversos setores e, desde já, temos certeza que não faltarão criatividade e inovação na programação. Para mim, é uma honra estar prefeito nas comemorações de 150 anos do município”, destacou o prefeito Sérgio Azevedo.
 
A comissão foi nomeada pela Portaria nº 4.490, publicada no Diário Oficial do Município em 1º de outubro. Sob a coordenação do secretário municipal de Comunicação Social, Paulo Ney de Castro Junior, é composta pelos seguintes membros: Luis Filipe Simão Gallo, Ricardo Fonseca Oliveira, Israel Souza Pereira, Luis Gustavo do Santos Dutra, Natyara Novais Fonseca, Marcela Brito Carvalho Messias, Marina Aparecida Rocha de Andrade, Evandro Gomes Limão e Elisângela Zanetti.
 
O coordenador da comissão, Paulo Ney, já anunciou a primeira ação voltada às comemorações: uma tela digital que marcará a contagem regressiva para a grande data. “Será um ano de muito trabalho, mas também muito gratificante. Todos os membros da comissão poderão dar suas sugestões e contribuições para que possamos elaborar uma programação completa, dinâmica e original para moradores e visitantes”, pontuou.
A Comissão se reunirá semanalmente. “Vamos dialogar com diversas pessoas e grupos que irão sugerir atividades, ações e eventos para o ano todo”, completou Paulo Ney.
 
HISTÓRIA - A coordenadora do Museu Histórico e Geográfico, a arquiteta Marina Andrade, está auxiliando nas pesquisas que embasarão o trabalho da comissão, especialmente em relação à celebração dos 100 anos da cidade, em 1972. Ela encontrou no acervo registros do trabalho realizado à época, como uma revista impressa especial e matérias jornalísticas.
A origem de Poços de Caldas é atribuída à descoberta das águas termais e determina a formação de um povoado constituído para a cura. Em 1819, ocorreu a doação da sesmaria, na freguesia de Nossa Senhora do Patrocínio de Caldas, concedida pelo Governador da Capitania de Minas Gerais ao Major Joaquim Bernardes da Costa Junqueira. Em 1865, junto à fonte Pedro Botelho, foi construído o primeiro balneário digno desse nome, com banheiros de primeira classe e duchas de água sulfurosa. Posteriormente, a sesmaria foi aumentada em 40 alqueires, na data de 6 de novembro de 1872, registrando o dia do aniversário da cidade. (Disponível em https://pocosdecaldas.mg.gov.br/a-cidade/historia/).


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp