17/09/2021 às 15h57min - Atualizada em 17/09/2021 às 15h57min

NOTAS RÁPIDAS - 17-09

APÓS A GLOBO, EMISSORAS TAMBÉM PRETENDEM DEMITIR FUNCIONÁRIOS QUE SE RECUSAREM A TOMAR VACINA CONTRA A COVID
 
A Record, SBT, Band, RedeTV e TV Cultura pretendem, assim como a Globo, demitir funcionários que se negarem a tomar a vacina contra a Covid-19. Até a edição desta nota, somente a Globo havia formalizado, em comunicado distribuído a funcionários e colaboradores, a exigência pela vacinação. De acordo com a Folha de S. Paulo, a condição não diz respeito apenas à saúde. As emissoras têm tido grandes despesas com a realização de testes, hospedagem para quarentenas e interrupção de gravações, o que desorganiza o planejamento de locação de estúdios e a preparação de cenários.
Com o avanço da vacinação, os casos de contaminação com o vírus têm diminuído e, junto a isso, os gastos de cada empresa. Assim que a imunização alcançar quem tem acima de 12 anos, as exceções aceitas valerão só para menores de 12. A Globo informou, porém, que aqueles que não podem ser vacinados por motivos médicos, não correm risco de desligamento. A decisão também será aplicada a estagiários e jovens aprendizes.
 
FONTE: MediaTalks By J&Cia
 
 
 
 
SM PROMOVE ENCONTRO ONLINE GRATUITO COM MÁRIO SÉRGIO CORTELLA
 
Com o tema "Quais os desafios que a Educação Brasileira enfrentará em 2022", a SM Educação promove no próximo neste sábado (18), das 9h às 11h, o Realize 2021, encontro de especialistas com o objetivo de compartilhar experiências por quem pensa e faz a Educação Escolar. A mesa redonda será conduzida por profissionais da própria SM e terá a participação especial do professor, escritor e filósofo Mário Sérgio Cortella. O evento será totalmente gratuito e online. Os participantes que concluírem a jornada de formação receberão Certificação de Extensão Universitária.
Informações em https://bit.ly/38RJZGg
 
FONTE: Frederico D Amato Gomes - fred.damato@donacomunicacao.com.br
 
 
 
 
FACEBOOK LANÇA APP DE VR PARA SIMULAR REUNIÕES PRESENCIAIS
 
O Facebook anunciou que está lançando uma versão de testes do Horizon Workrooms, aplicativo destinado a simular reuniões presenciais em ambientes de realidade virtual (VR, na sigla em inglês). A novidade é considerada uma evolução das videoconferências de trabalho, que se popularizaram ao longo da pandemia desde o ano passado devido às medidas de isolamento social adotadas para conter a doença.
Muitas empresas pelo mundo permanecem operando total ou parcialmente em regime de home office, enquanto a variante Delta do novo coronavírus, considerada mais transmissível que as outras já conhecidas, eleva taxas locais de contaminação. A ideia de Mark Zuckerberg é trazer a proximidade e o ‘contato’ mais realista ao meio corporativo que vive em isolamento social.
A partir da criação de avatares, profissionais podem ingressar em reuniões virtuais com o Oculus Quest 2 (óculos de realidade virtual do Facebook), podendo imitar a socialização com a criação de avatares, que representam sua figura na reunião. Também é possível conversar e trocar experiências com outros usuários, o que faz parte das experiências da vida real, segundo o Facebook, e dificilmente são replicadas nas tecnologias atuais.
 
FONTE: Diagonal Informática - digital@diagonalinformatica.com.br
 
 
 
 
APÓS A PANDEMIA, 63% DOS VIAJANTES DA REGIÃO SUDESTE PRETENDEM VIAJAR ENTRE DUAS E QUATRO VEZES POR ANO
 
Uma pesquisa recente da Booking.com, conduzida em território nacional com 1 mil entrevistados no Brasil, revelou que os nordestinos são os que mais pretendem viajar quando a pandemia acabar, com 34% planejando visitar novos destinos a cada três meses. Já pessoas de outras localidades estão mais propensas a viajar duas vezes por ano, como os das regiões Sudeste e Sul (ambos com 32%) e Centro-Oeste (35%). Na região Norte, a maior parte respondeu que tem intenção de viajar uma vez ao ano (33%).
As viagens domésticas revelaram-se a preferência nacional, dado que 55% dos turistas em todo o país afirmaram que priorizarão apenas destinos no Brasil. Uma boa parte dos brasileiros também irá considerar tanto destinos nacionais quanto internacionais (35%).
Para aqueles que pretendem fazer viagens ao exterior, alguns aspectos serão ponderados na hora de optar por um destino estrangeiro, principalmente preços mais acessíveis (68%), mudança de cenário e possibilidade de conhecer novas culturas (49%) e experiências e atividades específicas nestes locais (43%). Os viajantes da região Sul (75%) e do Nordeste (73%) são os que mais vão levar em conta o orçamento para fazer este tipo de viagem.
A pesquisa também avaliou quais serão as prioridades dos brasileiros quando a pandemia acabar e revelou que as medidas de saúde e segurança adotadas pelas acomodações (65%) e custos da viagem (54%) são os principais fatores que os viajantes levarão em consideração ao planejarem suas férias.  Em relação ao orçamento da viagem, inclusive, a pesquisa descobriu que, em viagens pós-pandemia, a maior parte do dinheiro será investida em serviços de acomodação (28%) e alimentação (26%).
 
FONTE: Assessoria de Imprensa da Booking.com no Brasil
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp