13/09/2021 às 16h19min - Atualizada em 13/09/2021 às 16h19min

NOTAS RÁPIDAS - 13/09

ESTUDO: FALTA DE AR FOI SINAL MAIS COMUM NA VÉSPERA DE UMA PARADA CARDÍACA
 
Um em cada 10 pacientes que sofreu uma parada cardíaca ligou para o serviço de emergência no dia anterior. O sintoma mais relatado por eles foi desconforto respiratório - e não a dor no peito. As conclusões são de um estudo europeu e indicam ainda que os indivíduos com sintomas respiratórios costumam receber menos atendimento médico de emergência e, por isso, têm maior risco de morte. Segundo a pesquisa, apresentada no congresso da Sociedade Europeia de Cardiologia, o perigo está em subestimar certos quadros e, com isso, adiar o início dos primeiros socorros. A Associação Americana do Coração lista o acesso rápido ao atendimento médico, resultado do reconhecimento dos sinais precoces de uma parada cardíaca, como a ação primária entre uma série de medidas de prevenção.
Com o intuito de auxiliar os serviços de emergência na identificação dos sinais mais comuns de uma parada cardíaca, os pesquisadores europeus listaram os sintomas que eram relatados pelas pessoas que ligavam para o atendimento médico na Dinamarca. Em seguida, relacionaram com um banco de dados nacional para levantar informações sobre a taxa de sobrevivência. Eles descobriram que os sintomas mais frequentes foram problemas respiratórios (59,4%), confusão mental (23,0%), inconsciência (20,2%), dor no peito (19,5%) e palidez (19,1%).
 
FONTE: Viva Bem – UOL
 
 
 
 
BRAHMA CHOPP É ELEITA A MELHOR INTERNATIONAL LAGER DO MUNDO NO WORLD BEER AWARDS 2021
 
A Brahma Chopp foi escolhida a melhor International Lager no World Beer Awards 2021, uma das principais premiações cervejeiras do mundo. Com toda sua cremosidade e leveza, a marca agora tem conquistado não apenas o paladar dos brasileiros, mas também dos jurados.
Depois de conquistar mais de 50 medalhas na rodada nacional do World Beer Awards 2021, competição que premia as melhores cervejas por país, a Ambev trouxe para casa seis das nove medalhas conquistadas pelo Brasil na etapa internacional.
Além dela, também foram premiadas como melhores em seus estilos Colorado Indica, Colorado Catharina Toca, Wäls 42, Wäls Fruit Lambic e Goose Island Midway.
"Já ficamos honrados com as medalhas recebidas pela rodada nacional, mas conquistar esses seis pódios pela última fase do World Beer Awards 2021 é ainda mais gratificante e só reforça o trabalho de um time inteiro de cervejeiros e cervejeiras, sempre aliado à qualidade e à inovação das nossas cervejas", conta Laura Aguiar, Head de Conhecimento e Cultura Cervejeira da Ambev.
 
FONTE: Beatriz Tanabe - beatriz.tanabe@loures.com.br
 
 
 
 
PANDEMIA IMPACTA SAÚDE MENTAL DE SEIS EM CADA DEZ BRASILEIROS, SEGUNDO PESQUISA
 
Cerca de 57%, ou seja, mais da metade da população ouvida durante pesquisa realizada pelo Ipespe (Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas) declarou queda no bem-estar mental e emocional durante a pandemia da Covid-19. Um relatório de 2017 da OMS já apontava o Brasil como um país de grande prevalência de transtornos de ansiedade nas Américas:  9,3% da população, o equivalente a 18,6 milhões de pessoas. Segundo a psiquiatra da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, Dra. Aline Sabino, os medos, incertezas em relação ao futuro, luto e dificuldades financeiras vêm marcando a vida de muitas pessoas e estão entre as principais causas de depressão, ansiedade excessiva e falta de motivação. “As ações do Setembro Amarelo funcionam como uma forma de prevenção e sensibilização, tanto àqueles que podem estar passando por algum tipo de sofrimento, quanto às pessoas próximas, na detecção de fatores que identifiquem quando um ente querido não está bem”, reforça.
Os sinais de alerta costumam variar de pessoa para pessoa, mas a especialista destaca que existem alguns indícios que servem para detectar se você ou alguém próximo está precisando de auxílio profissional. Conforme a psiquiatra, é necessário ficar atento às alterações repentinas de humor e comportamento, bem como às mudanças bruscas na rotina, como qualidade do sono, alimentação, abandono de atividades que antes eram prazerosas ou ainda desistência de planos futuros. Dra. Aline ainda faz um alerta para o uso abusivo ou para a mudança no padrão de consumo de álcool, substâncias tóxicas e medicações. “Além disso, devemos sempre dar uma atenção maior às pessoas com transtornos psiquiátricos ou com históricos na família”, diz.
 
FONTE: Vivian Fiorio - vivian.fiorio@maquina.inf.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp