08/09/2021 às 15h29min - Atualizada em 08/09/2021 às 15h29min

Cinco artistas representam MG entre os vencedores do Qualicult, um deles é de Pouso Alegre

FONTE E FOTO: imprensaqualicorp@gbr.com.br

Helder Costa, músico de Pouso Alegre (MG), foi um dos vencedores na categoria mais disputada do concurso cultural da Qualicorp
 
Com quatro dos 14 Patrimônios Culturais da Humanidade reconhecidos pela Unesco no Brasil, Minas Gerais teve cinco vencedores dentre os 90 projetos premiados no Qualicult, primeiro concurso cultural de Música, Dança e Teatro e Poesia promovido pela Qualicorp, administradora de planos de saúde coletivos. Entre os mais de 10 mil inscritos, estão dois artistas da capital e três do interior do Estado. Os vencedores fazem parte dos 54% de trabalhos premiados da região Sudeste.
 
Na categoria Música, a mais disputada do concurso, correspondendo por cerca de 54% dos mais de 10 mil projetos inscritos, foram três vencedores: Elder Costa, de Pouso Alegre, com o projeto "Mantiqueira Musa"; Carla Sceno, de Viçosa, com "Carla Sceno - Intimidade", e de Belo Horizonte Luiza Brina foi premiada por "A toada vem é pelo vento".
 
Já em Dança, o ganhador na categoria individual foi o artista Led Marques, também de Belo Horizonte, com o projeto "Eu", e em Teatro individual, Carú Rezende, de Juiz de Fora, ganhou com "Vida: relatos de uma mulher só, ou quase isso".
 
Os vencedores na categoria individual faturaram R$ 5 mil e as obras em grupo receberam R$ 8 mil cada. Ao todo, foram R$ 585 mil em premiação.
 
ARTE DO ENCONTRO - "Sinto uma grande alegria em ser parte desta amostra da arte no Brasil, que foi o Qualicult", declara Carú Rezende. "Sou do interior de Minas Gerais e ainda há muitas barreiras para quem está fora dos grandes centros. A aproximação virtual que a pandemia proporcionou foi muito positiva, pois abriu portas e gerou oportunidades para nós."
O teatro, segundo a artista, é feito essencialmente do encontro, da troca de energia com a plateia. Carú conta que um dos desafios foi o de traduzir para o vídeo esta mesma essência. "Não há uma fórmula, então fomos adaptando alguns elementos da arte cênica para que o trabalho se aproximasse do espectador", explica.
Com o retorno das atividades culturais, em especial do teatro em Minas Gerais, Carú mostra otimismo. "Estamos aprendendo a voltar a trabalhar neste momento. E acredito que a retomada terá a arte com um papel importante para a gente se reorganizar enquanto sociedade, tanto quanto teve durante o período mais difícil da pandemia, em que o isolamento foi necessário", finaliza.
Para Pablo Meneses, vice-presidente de Operações e Relacionamento da Qualicorp, o objetivo com o concurso, além de promover e incentivar a cultura brasileira, foi o de abraçar os diferentes Brasis e valorizar a pluralidade ao redor das cinco regiões do País. "Faz parte do nosso propósito apoiar a cultura, principalmente diante de um momento tão desafiador que temos vivenciado", finaliza.
 
Os vídeos com as 90 apresentações dos vencedores, tanto na categoria em grupo quanto individual, são disponibilizados de segunda a sexta, às 13h, no Youtube da Qualicorp, até 10 de dezembro de 2021: https://bit.ly/3rnEjw6. Para conhecer mais o projeto, acesse: https://qualicult.qualicorp.com.br/.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp