08/09/2021 às 15h03min - Atualizada em 08/09/2021 às 15h03min

Painéis de Azulejo do Museu Republicano de Itu retratam momentos da Independência do Brasil

FONTE: Ex-Libris Comunicação Integrada - Assessoria de Imprensa do Museu Paulista - FOTOS: Reprodução Google

Assim como os Painéis de Azulejo, as exposições do Museu Republicano "Convenção de Itu" que estão em cartaz, podem ser conferidos de forma online
 
Na data de ontem, 7 de setembro, comemorou-se nacionalmente o feriado da Independência do Brasil. Momentos importantes da participação de ituanos e paulistas no processo de Independência e na construção da República fazem parte das imagens que compõem os Painéis de Azulejo do Museu Republicano de Itu, material iconográfico de grande destaque da instituição.
Entre os episódios retratados nas paredes do MRI estão a "Conferência dos representantes de Itu com os próceres da Independência em S. Paulo", realizada em setembro de 1821; a "Solene adesão de Itu à causa da Independência", ocorrida em 30 de junho de 1822; além do registro de quando "D. Pedro I outorga a Itu o título de Fidelíssima", já em 1823.
 
A Profa. Dra. Maria Aparecida de Menezes Borrego, supervisora do Museu Republicano, explica que, por meio de uma carta régia assinada por D. Pedro I no dia 17 de março de 1823, Itu recebeu o título de Fidelíssima por seu apoio ao governo do príncipe regente nos meses anteriores à separação de Portugal e ao próprio movimento de independência.
 
Os Painéis de Azulejo, assim como as exposições do Museu Republicano de Itu que estão em cartaz, podem ser conferidos de forma online, por meio do link https://vila360.com.br/tour/mrciusp.html. A plataforma oferece recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência visual ou auditiva, recursos de audiodescrição e descrição do conteúdo em espanhol e inglês.
 
HISTÓRIA DO MUSEU REPUBLICANO - O Museu Republicano "Convenção de Itu" foi inaugurado pelo Presidente do Estado de São Paulo, Washington Luis Pereira de Sousa, a 18 de abril de 1923 e desde então subordinou-se administrativamente ao Museu Paulista que, em 1934, tornou-se Instituto complementar da recém-criada Universidade de São Paulo e a ela se integrou em 1963.
É uma instituição científica, cultural e educacional, especializada no campo da História e da Cultura Material da sociedade brasileira, com ênfase no período entre a segunda metade do século XIX e a primeira metade do século XX, tendo como núcleo central de estudos o período de configuração do regime republicano no Brasil.
Encontra-se instalado em sobrado histórico em Itu, erguido nas décadas iniciais do século XIX, e que se tornou residência da família Almeida Prado. Foi nesse local que se realizou, em 18 de abril de 1873, uma reunião de políticos e proprietários de fazendas de café para discutir as circunstâncias do país e que, posteriormente, se transformou na famosa Convenção Republicana de Itu, marco originário da campanha republicana e da fundação do Partido Republicano Paulista.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp