06/09/2021 às 14h49min - Atualizada em 06/09/2021 às 14h49min

Neste feriado, MIA traz projeção em fachada de prédio no centro de Poços e show digital

FONTE E FOTOS: Jéssica Balbino / Divulgação MIA
Museu Histórico e Geográfico de Poços de Caldas

Mostra Integrada de Artes utiliza de diferentes plataformas propondo um outro olhar para os espaços da cidade
 
A Mostra Integrada de Artes (MIA) segue com atrações de projeção mapeada e música em Poços de Caldas durante o feriado. Para esta segunda-feira (6), a MIA propõe outra projeção visual na fachada do Hotel Imperador, no centro da cidade. A intervenção será diferente da que foi realizada no Museu, sendo uma galeria a céu aberto com projeções das obras de 22 artistas visuais que participaram do chamamento aberto pela Mostra.
A criação do conteúdo a ser projetado é feita pelo sonoplasta poços-caldense Antonio Molina, que propõe uma intervenção com as imagens dos artistas com diversos elementos pensados para a ação.
Os artistas selecionados são: Anderson Almeida, Fran Rezende, Gabriela Virgínia de Magalhães, Geraldo D'Aquino Noronha, Giulianne Martins, Guilherme Vitor Monteiro, Gustavo Rodrigues, Henrique Granato, Ignez Bissoli, Isadora Bacetti, João Fábio Matheasi, João Paulo Ferreira, Katia Ostermayer Carneiro, Lucas Lambert, Luciana Marcassa, Marcelo Abuchalla, Maria Blasi, Obreta, Raphael Rodrigues, Rosana Lovato, Thomas Carvalho e Victor Imesi
 
Já na terça-feira (7), às 20h, encerrando a programação da Ocupa MIA, tem estreia do show digital do músico Gustavo Infante, que será transmitido nos canais do Youtube da MIA e do Poços Curte em Casa. A gravação foi feita no Recanto Japonês, um dos mais charmosos atrativos turísticos da cidade, mas que desde o início da pandemia encontra-se fechado para visitação. Gustavo Infante apresenta um repertório de composições autorais, trazendo algumas canções inéditas que serão lançadas em breve pelo Selo Bastet.
Chiara Carvalho, curadora do encontro, comenta: “Acredito que com estas ações a MIA começa a chamar atenção como um evento contemporâneo que traz para a sua programação um diálogo com diferentes vertentes artísticas, fortalecendo a ideia de ocupar a cidade com arte, especialmente pelo uso de plataformas não habituais para explorar a divulgação e fortalecimento da cultura como um todo, fazendo com que o trabalho dos artistas possam alcançar diferentes públicos, ao mesmo tempo em que propõe uma reflexão sobre este tempo. Fica o convite para os interessados em conhecer o trabalho e as ações da MIA nas redes sociais.”
 @mia.mostradeartes.”
 
MAPPING INÉDITO CHAMA A ATENÇÃO - O mapping realizado durante o fim de semana chamou atenção com as ações da Ocupa MIA Especial Diversidade, que trouxe a primeira projeção mapeada para a cidade com uma intervenção na fachada do Museu Histórico e Geográfico de Poços de Caldas.
A obra visual foi criada pelo VJ Bah, diretor de arte da GravaSom em Belo Horizonte, foi pensada para ser um presente para a cidade, buscando valorizar não só a arquitetura do Museu, mas também a história de Poços, daí a ideia da simbologia da água e outros elementos que remetessem à sua história, utilizando também fotografias antigas do acervo do Museu, como um convite para as pessoas visitarem e conhecerem o espaço. Também foram utilizadas cores e texturas que reconectam à Diversidade, tema da Mostra em 2021. 
Este foi o primeiro evento cultural aberto ao público desde o início da pandemia, que seguindo os protocolos estabelecidos, pode ser apreciado por turistas e moradores da cidade, chamando atenção pela exemplaridade da proposta. 
Além disso, também foi pintado um mural na fachada do teatro do CEU da Zona Leste pela artista Lo Firmino, que trouxe para o trabalho a representação do universo feminino. O mural tem aproximadamente 5 metros de altura x 8,5 de largura, e é o primeiro trabalho nestas proporções criado pela artista. 
 
OCUPA MIA Especial Diversidade - Em 2021 é realizada a edição MIA Especial Diversidade e Ocupa MIA, as propostas têm como objetivo promover a valorização e a divulgação da arte em suas mais variadas formas, sendo uma ponte para que diferentes possam mostrar seus trabalhos. Fazem parte da equipe: Chiara Carvalho (direção geral), Paulo Tothy (direção de arte), Paula Mourão (produção) e Lavínia du Valle (criação de conteúdo), contando sempre com o apoio de vários artistas e fazedores de cultura de Poços de Caldas e região.
 
A Mostra Integrada de Artes, MIA, é uma realização da Carvalho Agência Cultural, tem apoio financeiro da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais e do Governo Federal, através da Secretaria Especial da Cultura / Ministério do Turismo. Conta também com o apoio da Prefeitura Municipal de Poços de Caldas, da Secretaria de Cultura, através do edital Poços Curte em Casa 2021 e outras ações institucionais, da Secretaria Municipal de Turismo, além de parceria com o Hotel Lisboa, Cachaça Prosa Mineira, Poços Net e os restaurantes Becco.
 
Mais informações: https://www.miamostradeartes.com.br

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp