09/12/2020 às 15h04min - Atualizada em 09/12/2020 às 15h04min

A produção audiovisual de Maureen Bisilliat no IMS Poços

A inglesa Maureen Bisilliat construiu desde os anos 1950, quando se mudou para o Brasil, um dos mais sólidos trabalhos de investigação fotográfica da alma brasileira, aliando a seu olhar de estrangeira um respeito profundo por seus temas - sobretudo sertanejos e índios - e a busca de apoio conceitual na antropologia e em grandes obras da literatura nacional. Desde dezembro de 2003, sua obra completa está incorporada ao acervo do Instituto Moreira Salles, num total de 16.251 imagens, entre fotografias, negativos em preto e branco e cromos coloridos.
Desde meados de setembro, o IMS Poços apresenta a exposição Agora ou nunca - Devolução, com foco na produção audiovisual da fotógrafa de 89 anos. As obras registram reencontros da fotógrafa, entrevistas, filmagens realizadas no Xingu, entre outros destaques. A seleção é da própria Bisilliat e de Rachel Rezende, do departamento de Fotografia do IMS.
O centro cultural segue as recomendações das autoridades municipais e estaduais e dos órgãos de saúde, com capacidade controlada, horário reduzido e todos os protocolos de segurança. Além de visitar a exposição, o público poderá frequentar a loja do centro cultural e o Rotina Café Galeria. Neste primeiro momento, ainda não estão sendo realizadas visitas mediadas, sessões de cinema ou outros eventos presenciais. O horário de funcionamento é de terça a domingo e feriados (exceto segundas), das 14h às 19h.
Mais informações no site www.ims.com.br, nas redes sociais e na newsletter do IMS.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp