03/09/2021 às 15h31min - Atualizada em 03/09/2021 às 15h31min

GOL realiza primeiro voo carbono neutro do Brasil na rota Recife-Fernando de Noronha

FONTE: GOL Linhas Aéreas| InPress Porter Novelli - FOTOS: Stefano Santana/Divulgação GOL

Iniciativa da GOL em parceria com a MOSS contribui para a diminuição de ¼ das emissões de carbono na ilha
 
O voo G3 1862, que decolou em Recife às 13h40 do dia 1º de setembro, e pousou no arquipélago de Fernando de Noronha às 15h55, não foi apenas mais um voo operado com êxito pela GOL. A maior companhia doméstica brasileira realizou, com sucesso, o que é um grande passo na preservação do espaço aéreo onde atua, do meio ambiente e da vida na Terra: o primeiro voo carbono neutro do Brasil.
Desde o dia 1º, todos os voos da GOL de ida e volta para ilha, a partir de Recife, têm emissão neutra de carbono, uma iniciativa totalmente alinhada com as práticas ambientais vigentes em Fernando de Noronha e arquitetadas com competência e entusiasmo pelo Governo do Estado de Pernambuco e pela administração da ilha. Além disso, a campanha #MeuVooCompensa, encabeçada pela companhia, reforça o propósito da GOL de se tornar uma referência em aviação sustentável no País.
 
Essa atitude inédita no Brasil nasce de uma parceria entre a GOL e a MOSS, uma das maiores plataformas ambientais de créditos de carbono do mundo. Funciona desta forma: a MOSS doa a todos os clientes da companhia e moradores da ilha que voam na rota Recife-Fernando de Noronha-Recife a compensação da pegada carbônica de suas viagens, neutralizando as emissões totais de carbono nos dois trechos. Assim, a pegada carbônica deixada nas duas viagens é automaticamente "apagada", sem custo extra aos passageiros.
 
O primeiro voo carbono neutro do Brasil foi pilotado pelo comandante Pedro Scorza, que é também o assessor de projetos ambientais da GOL. Ao final da viagem, após o pouso em Fernando de Noronha, todos os clientes foram presenteados com um certificado "verde" pela compensação individual de carbono já providenciada pela MOSS e GOL. Em papel semente, o certificado germina se depositado em terra úmida, um estímulo ao cuidado com o meio ambiente. No voo, foi distribuída água em lata aos passageiros que a solicitaram, em um serviço de bordo condizente com a proibição do uso de recipientes plásticos de pequeno tamanho em Noronha, favorecendo a reciclagem de resíduos.
 
Todos os convidados da GOL circularam em Noronha com carros elétricos cedidos pela Renault, ou seja, sem combustível poluente. De acordo com o decreto estadual nº 306/2019 (Projeto de Lei Ordinária), será proibida a entrada na ilha, em 10 de agosto de 2022, de carros que fazem a emissão de dióxido de carbono. E, a partir do ano de 2030, de acordo com o projeto Noronha Carbono Zero 2030, todos os veículos movidos a gasolina, álcool e óleo diesel deverão ser retirados do local.
 
Os voos G3 1862 e G3 1863 (Noronha-Recife) são operados com o jato Boeing 737 700, de última geração, com capacidade para 138 passageiros. As aeronaves que atendem a essa rota especial da GOL foram pintadas com os dizeres "A 1ª Rota Carbono Neutro do Brasil - Recife-Noronha", na parte dianteira, e "#MeuVooCompensa", na posterior.
 
 
"É uma meta do Governo do Estado reduzir a emissão de gases de efeito estufa na ilha de Fernando de Noronha, utilizando formas ambientalmente corretas de abastecimento, com energia renovável e automóveis que não agridam o meio ambiente. É essa a proposta do programa Carbono Zero. Até 2030, não teremos mais carros a combustão circulando no arquipélago. Sabemos que precisamos vencer várias etapas e, com calma e planejamento, nós vamos atingir o nosso objetivo final, que é mudar 100% a nossa matriz energética para a energia limpa e renovável. Estamos olhando para o futuro, para as próximas gerações, e fazendo da ilha um exemplo a ser seguido", explicou o administrador da ilha, Guilherme Rocha.
 
"É com muita alegria que o Governo do Estado de Pernambuco, por meio da Secretaria de Turismo e Lazer e da Empetur, participa, com a GOL, do primeiro voo de carbono neutro do Brasil, na rota Recife-Fernando de Noronha. Uma ação de grande importância para o meio ambiente, e o destino escolhido não poderia ser melhor: Noronha, com tudo o que representa para a preservação da natureza não só em Pernambuco, como também para o Brasil e o mundo. Aproveitamos a oportunidade para fazermos nossas ações promocionais aqui em Noronha, tanto para a divulgação do novo voo da GOL, quanto para a divulgação dos destinos, por meio da qual distribuímos os passaportes, os selos e os carimbos na nossa campanha Bora Pernambucar", diz Antônio Peres Neves Baptista, presidente da Empetur.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp