27/08/2021 às 14h48min - Atualizada em 27/08/2021 às 14h48min

De Machado (MG) para o mundo

FONTE E FOTO: Agência ECOS

A Reserva de Minas, uma das maiores empresas de doces mineiros do país, completa 23 anos
 
Conhecida por trazer doces da culinária mineira para a mesa dos brasileiros, a Reserva de Minas comemora 23 anos de existência neste mês de agosto. A empresa começou em uma garagem na cidade de Machado/MG, em 1998, onde os primeiros doces eram feitos por uma das fundadoras, Albany Salles Dias, e Maria A. Mostre Correa, a Cida, em pequenos tachos. Pouco tempo depois, esses doces tornaram-se o primeiro produto da Reserva - o famoso Doce Nata Suíça.
Em mais de duas décadas de existência, a marca conquistou o mercado mineiro e o objetivo agora é levar um pouco de Minas Gerais para os lares de todos os cantos do país. Segundo Yago P. Soares Dias, Engenheiro de Alimentos e neto dos fundadores, a Reserva de Minas é uma empresa que pretende estar na mesa de todos os brasileiros. “É um pouquinho da nossa fazenda na casa de cada um", diz.
Marcos Eduardo Salles Dias, diretor da empresa e filho dos fundadores, mira mais longe ainda. "A Reserva de Minas é do mundo". E ele está certo: desde 2006, os doces são exportados para o Canadá, Estados Unidos, Alemanha e Portugal.
 
Localizada na rodovia BR 267, zona rural do município de Machado/MG, a Reserva de Minas surgiu com pequenas vendas para amigos de potes de doces de Nata Suíça, em 1998. Com o crescimento das vendas, o Doce Nata Suíça foi registrado e patenteado.
Em seguida, a linha foi ampliada e a produção estendeu-se com doces de leite convencionais e doces de frutas em pasta e em calda. Os produtos começaram a ser vendidos em cidades próximas a Machado e, com o alto padrão de qualidade, logo atingiram diversos pontos de vendas em todo país.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp