02/12/2020 às 16h09min - Atualizada em 02/12/2020 às 16h09min

Programa de voluntariado a distância da Alcoa atende idosos e jovens

“Seu” Reinaldo, morador do Asilo Vila Elvira Dias, e Dayana Domingues, voluntária do Histórias da Vida
O dia 10 de novembro foi de muita alegria para o “seu” Reinaldo, morador do Asilo Vila Elvira Dias. Ele acordou bem cedo, tomou banho e colocou sua melhor roupa e sapato para esperar uma visitante especial: Dayana Domingues, a nova amiga, que ele só conhecia por vídeo. Mesmo com máscara e respeitando-se o distanciamento exigido pela pandemia, o encontro foi muito emocionante. A amizade entre Reinaldo e Dayana, colaboradora da Alcoa, só se tornou possível por meio do voluntariado a distância, promovido pelo Instituto Alcoa, em parceria com a organização Atados, e o suporte da Equipe Líder de Relações Institucionais da Unidade de Poços de Caldas. Durante duas semanas, os dois amigos trocaram vídeos.
“Com a pandemia, tivemos que restringir o contato dos asilados com o público externo, inclusive familiares. Eles estavam se sentindo sozinhos e isolados e a troca de vídeos ajudou muito nesse sentido. No início, achei que eles teriam dificuldade para gravar os vídeos, mas foi uma surpresa: faziam fila para as gravações”, contou Neiva Aparecida Diniz, assistente social da Vila Elvira Dias.
O programa tem duas iniciativas: o Histórias da Vida, que foi voltado aos idosos dos asilos Elvira Dias e Damas de Caridade, encerrado no dia 10, e o Carta & Mentoria, ainda em execução. O segundo promove a troca de cartas e sessões online de mentoria entre 23 voluntários e jovens da Escola Padrão Parque das Nações e do Cedet (Centro para o Desenvolvimento do Potencial e Talento). O objetivo é criar vínculos entre o voluntário e o aluno para ajudá-lo no desenvolvimento pessoal e profissional.
“Além de colaborar com públicos tão atingidos pela pandemia - jovens alunos e idosos -, o programa ainda proporcionou a participação de colaboradores da Alcoa de outras localidades do Brasil, possibilitando um importante e saudável intercâmbio”, destacou Maria Cristina Gonçalves, consultora de Assuntos Institucionais da Unidade da Alcoa em Poços.
As duas iniciativas juntas têm a participação de 43 voluntários da Alcoa Poços de Caldas e Juruti, no Pará, que foram capacitados pelo Atados.
 

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp