28/07/2021 às 15h49min - Atualizada em 28/07/2021 às 15h49min

Alcoa e contratadas abrem vagas operacionais e técnicas para o projeto Filtro Prensa

FONTE E FOTO: Opção Comunicação - Assessoria de Imprensa Alcoa Poços de Caldas

Inicialmente são 39 vagas para homens e mulheres, colaboradores diretos e indiretos que atuarão nas obras de implantação e operação da nova tecnologia de disposição de resíduo a seco
 
Estão abertas as inscrições para a contratação de colaboradores diretos e indiretos, que atuarão nas obras de implantação e operação do Projeto Filtro Prensa, que mudará a tecnologia de disposição de resíduo da Fábrica da Alcoa em Poços de Caldas. Inicialmente são 39 vagas, para homens e mulheres.
São 16 vagas para colaboradores diretos (Alcoa), sendo 12 para a área operacional, que exigem o segundo grau completo e Carteira de Habilitação (categoria B), e quatro técnicas - duas para mecânico e duas para técnico eletroinstrumentista - para as quais é exigida a formação na área. Os interessados deverão enviar o currículo para a empresa Praxis, pelo site www.praxispsionline.com.
Também estão disponíveis 23 vagas para colaboradores indiretos, sendo uma vaga para cada uma das funções: ajudante de Elétrica, eletricista FC, encarregado de Montagem Elétrica, encarregado de Mecânica, ajudante de Mecânica, encanador Industrial, eletricista de Manutenção, encarregado de Alojamento, encarregado de Montagem Mecânica, almoxarife, técnico em Enfermagem, técnico de Segurança, técnico de Planejamento e auxiliar de Limpeza; além de duas vagas para eletricista Montador, mecânico Montador e soldador (tubulação/chaparia), e três vagas para montador de andaime. Os currículos devem ser enviados para: franciele.oliveira@alfaengenharia.ind.br.
 
Sobre o projeto Filtro Prensa
 
O projeto Filtro Prensa terá um investimento de cerca de R$ 310 milhões. Será implantada uma planta de filtração na Refinaria, que gerará o resíduo seco, com apenas 30% de umidade, equivalente à umidade natural do solo, e direciona a água retirada ao processo produtivo, por meio de um circuito fechado, para ser reutilizada. O resíduo seco será transportado em caminhões e descarregados em uma nova área de disposição de resíduo, onde será compactado. A Unidade é a terceira da Alcoa no mundo a implantar esta tecnologia - as outras duas foram na Austrália.
Além de garantir a continuidade das operações da Unidade e atender às exigências da Companhia em relação à disposição de resíduos e à Legislação Estadual de Segurança de Barragens, o projeto terá um impacto muito positivo na economia da cidade e região, pois irá gerar cerca de 500 empregos indiretos durante o pico da obra. Saiba mais no YouTube/Alcoa Brasil: https://www.youtube.com/watch?v=2r1KGFqA2eA

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp