21/07/2021 às 15h08min - Atualizada em 21/07/2021 às 15h08min

Se cuida LinkedIn! TikTok agora tem currículo em vídeo

Por Carol Affonso - Comunicação Estratégica para Instagram
@carolonlline
Figura meramente ilustrativa - Reprodução Google

Procurar trabalho pelo TikTok: essa será a nova tendência? Mirando a Geração Z, a rede social lançou - em fase de teste - uma plataforma focada em envio de vídeo-currículos
 
Já imaginou procurar emprego pelo TikTok? Preste atenção nesta pergunta, pois essa pode ser a nova tendência do mercado de trabalho. Ao menos, se depender da rede social de vídeos curtos. Isso porque a empresa divulgou um projeto-piloto chamado TikTok Resumes. Trata-se de uma nova plataforma - à parte do aplicativo - em que as empresas divulgam vagas de trabalho e as pessoas podem se inscrever enviando currículos em formato de vídeo. A ferramenta aceitará currículos até 31 de julho e está disponível, ao menos nesta primeira fase, apenas nos Estados Unidos.
A ideia, segundo a companhia, surgiu após identificar o crescimento de conteúdo no aplicativo chinês relacionado à carreira. “O TikTok acredita que há oportunidade de agregar mais valor à experiência das pessoas, aprimorando a utilidade da plataforma como um canal de recrutamento. Vídeos curtos e criativos criaram novas maneiras de descobrir candidatos talentosos e oportunidades de carreira”, diz a rede social em comunicado. 
 
O QUE É O TIKTOK RESUMES?
 
Funciona assim: de um lado, as empresas divulgam as vagas, do outro o profissional envia o currículo em formato de vídeo autêntico e criativo. 
A gravação deve ser publicada no perfil do TikTok do usuário e a rede social incentiva a usar a #TikTokResumes na legenda. Depois, é preciso salvar o link deste vídeo, acessar a plataforma do TikTok Resumes, preencher um breve questionário (nome, sobrenome, e-mail, link do vídeo e link do perfil no LinkedIn). Sim, a plataforma incentiva o envio do perfil do LinkedIn ao recrutador e pronto. É só aguardar ser chamado para a entrevista. 
 
Apesar de ser uma rede social profissional, não foi projetada para ser similar ao LinkedIn, por exemplo. Isso porque, não existe no TikTok Resumes o campo de perfil completo do profissional. Trata-se de uma versão mais curta das plataformas de emprego, o que pode ser uma boa sacada do app (entenda no próximo tópico).
 
Por enquanto, é possível se candidatar a vagas de empresas como: Alo Yoga, Chipotle, Contra, Movers+Shakers, Shopify, Target e WWE“Estamos felizes por podermos fazer parceria com algumas das marcas mais admiradas e emergentes do mundo, enquanto testamos uma nova forma para os candidatos a emprego mostrarem suas experiências e habilidades de maneiras criativas e autênticas. #CareerTok já é uma subcultura próspera na plataforma e mal podemos esperar para ver como a comunidade abraça o TikTok Resumes e ajuda a reimaginar o recrutamento e a descoberta de empregos”, diz em nota Nick Tran, head de marketing do TikTok.
 
O TikTok mira o público-alvo do aplicativo: a Geração Z. O que pode ser uma boa sacada e uma revolução na forma de candidatura de emprego, já que essa geração começou a ingressar no mercado de trabalho. Os jovens são nativos digitais, comunicativos, com identidade fluida e buscam mais experiências, de acordo com a pesquisa True Gen, feita pela Mckinsey em parceria da Box1824. Eles não são adeptos ao modelo de trabalho tradicional. Ao contrário, trazem com força a economia criativa para o mundo corporativo. E não é à toa. Um relatório divulgado pelo J. Walter Thompson Intelligence mostra que a Geração Z é considerada como uma das mais criativas até hoje.
 
Será que o projeto-piloto do TikTok vai dar certo e fazer barulho no mercado de recrutamento e seleção? O LinkedIn que se cuide… 




*O Brand-News não se responsabiliza por artigos assinados por nossos colaboradores
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp