15/07/2021 às 14h31min - Atualizada em 15/07/2021 às 14h31min

Falsete: segundo episódio tem como tema “Compositores e inspirações”

FONTE E FOTOS: Mecenaria Brasil

Documentário de longa-metragem sobre a música sulmineira envolveu mais de 15 compositores da região e gravações em 10 cidades
 
A pandemia de Covid 19 trouxe a necessidade de vários segmentos do mercado se reinventarem. E na Arte não foi diferente. Os produtores Wolf Borges e Jucilene Buosi viram seus trabalhos artísticos se transformarem em audiovisual da noite para o dia - não sem um trabalho árduo de aprendizado neste universo. Um dos exemplos é documentário musical Falsete, em forma de minissérie em cinco capítulos, que acontece agora em julho. No domingo (11) ocorreu o lançamento do primeiro episódio pelo YouTube; o segundo acontece nesta quinta-feira, 15 de julho, às 19h.
 
O Falsete foi lançado em 2016 e é o primeiro documentário de longa-metragem sobre a música sulmineira. Uma produção cuidadosa, que envolveu mais de 15 compositores da região e gravações em 10 cidades - o que explica a beleza da fotografia sob a lente de Rodrigo Infante, também diretor. O áudio do filme, inclusive os arranjos das 10 canções contidas neste trabalho, estiveram a cargo do produtor musical Deivid Santos. Jucilene Buosi empresta a voz para as canções dos entrevistados e também conduz a história que pretende ilustrar como é a sonoridade da região. A produção é de Wolf Borges.
 
Um projeto de circulação levou o documentário a ser exibido em várias cidades do Sul de Minas, em praça pública. O Falsete foi lançado em formato de DVD e a trilha sonora também foi transformada em CD. "Mas até então o trabalho esteve inédito nas plataformas de vídeo e streaming e, com o advento da pandemia, as pessoas estão mais reclusas e abertas à experiência audiovisual. Então achamos que era este o momento de lançá-lo no Youtube e a trilha sonora também estará disponível no Spotify", diz Wolf.
Para isso, o documentário de 80 minutos foi transformado numa minissérie em 5 episódios de até 20 minutos, contendo depoimentos de abertura com os compositores participantes. O tema do primeiro episódio foi "Tradições". Do segundo, "Compositores e inspirações". No terceiro momento, os personagens falam sobre "Do que é feita a música do Sul de Minas". Um episódio trata especialmente do tema "Ancestralidade", enquanto o quinto e último capítulo discorre sobre uma dúvida sulmineira frequente: "Somos caipiras?".
Jucilene lembra que o formato minissérie em 5 capítulos foi pensado para tornar o documentário mais afinado com a linguagem audiovisual, permitindo um envolvimento maior do público que terá possibilidade de se aprofundar no tema e na importância de valorizarmos a nossa cultura.
 
A cidade de Itamonte seria visitada quando a pandemia suspendeu a circulação do documentário. Por isso, ganha um espaço dentro de cada capítulo para homenagear o seu potencial turístico, ecológico e cultural.
 
O projeto Falsete é viabilizado pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura e tem o patrocínio de Hipermercado Baronesa, Refrigerantes Itamonte e Prática Klimaquip.
 
A minissérie está disponível no canal da Mecenaria Brasil Produções Artísticas: https://bityli.com/UmicF
 
 
Agende-se:
15.07 | QUI | 19h | Compositores e inspirações
18.07 | DOM 10h | Do que é feita a nossa música
22.07 | QUI | 19h | Ancestralidade
25.07 | DOM | 10h | Somos caipiras? 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp