09/11/2020 às 16h28min - Atualizada em 09/11/2020 às 16h28min

Monte Verde investe no maior Natal de sua história

O evento vai ter duração de três meses e receberá aporte de R$ 1 milhão

No ano em que completa 70 anos, o distrito de Monte Verde, na cidade de Camanducaia (MG), prepara a maior celebração natalina de sua história. O "Natal Cultural nas Montanhas - Uma história em Bauer", capitaneado pela MOVE (Agência de Desenvolvimento de Monte Verde e Região), em parceria com a prefeitura, será aberto oficialmente no dia 19 de novembro com uma cerimônia na Câmara Municipal, quando o Papai Noel recebe a chave do município junto aos outros personagens. A programação começou a ser divulgada nas redes sociais no dia 29.
 O evento segue até 3 de janeiro e será o maior já realizado no distrito em termos de investimento, cerca de R$ 1 milhão, e duração.
A vila já recebeu 48 mil turistas durante o período de retorno das atividades e foi considerada pelo Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, como exemplo nacional de retomada segura durante a pandemia. "Cada uma das atrações foi pensada para encantar, mas com mobilidade para evitar aglomerações e respeito ao distanciamento. Fizemos o estudo da capacidade de público, uso de equipamentos de proteção e disponibilização de insumos para higienização e biossegurança", explica Rebecca Wagner, presidente da MOVE.
Entre as principais atrações estão: Despertar das Luzes (desfile de personagens, com "Verner, O Maquinista da Luz", que remete ao fundador do distrito); Caravana Encantada (carro iluminado e repleto de personagens natalinos que percorrerá as ruas do distrito e de Camanducaia); Floresta de Natal (vilarejo na Montanha com teatro de bonecos, contador de histórias, oficinas de artesanato e loja com produtos de Natal); Cabana do Noel (nesse ano, sem contato físico com o Papai Noel, as crianças terão a oportunidade de enviar "cartinhas" ao bom velhinho que terá uma casinha própria na floresta e poderá ser "visitado" à distância); Surpresas Natalinas (intervenções com artistas de ruas convidados, que se apresentarão em diversos pontos de Monte Verde) e Caminho dos Pinheiros (alameda com cerca de 40 pinheiros decorados e iluminados pelos moradores que "apadrinharão" cada uma das árvores).
 
RETOMADA - Desde 4 de junho, os mais de 150 hotéis e pousadas de Monte Verde e região voltaram a operar. Atualmente, de acordo com o novo decreto da Prefeitura, publicado em 13 de outubro, as hospedagens podem receber 70% da capacidade total de unidades habitacionais, respeitando, assim, o período em que a cidade permanecerá em "alerta" para os casos de Covid-19. Áreas de lazer, como piscinas, saunas, quadras esportivas e playground também foram reabertas. Desde o dia 1º de junho, também com restrições, atividades de outros segmentos voltaram a funcionar, como bares, restaurantes, lojas, academias e salões de beleza. Monte Verde abriga, segundo a Prefeitura de Camanducaia, mais de 50 restaurantes, bares e similares. Aos finais de semana e feriados, apenas turistas com reservas antecipadas podem ter acesso ao distrito.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp