11/06/2021 às 15h02min - Atualizada em 11/06/2021 às 15h02min

NOTAS RÁPIDAS - 11/06

NANY PEOPLE FALA DE DIVERSIDADE NO CINEMA NA LIVE DA INGRESSO.COM
 
No mês em que se comemora o orgulho LGBTQIA+, a Ingresso.com realiza uma live para debater a diversidade no cinema, nessa sexta, dia 11, as 18h, no Instagram da Ingresso.com (@ingressocom). Comandada pela curadora de conteúdo da marca Renata Boldrini, a live vai ter como convidada a atriz e humorista Nany People, que está no filme "Quem Vai Ficar com Mário?", que aborda o assunto de forma real e respeitosa.
O longa, já nos cinemas, conta a história de Mário, que viaja para a sua terra natal para visitar a família e assumir para o pai o namoro com Fernando. Mas, seu irmão mais velho, Vicente, acaba estragando seus planos e trazendo outras novidades para a ocasião. De acordo com Nany People, que é Lana na trama, o filme tem uma coisa burlesca e vai às últimas consequências, tocando em assuntos como feminismo, homofobia e preconceito de forma leve e bem-humorada. "A gente é feliz dando pinta, a gente é feliz sendo que é, a gente fala: tenha coragem de ser feliz."


FONTE: Mariliz Torres -  mariliz.torres@idealhks.com
 
 
 
 
 
 
JORNALISTA AMERICANO QUE SE MASTURBOU EM REUNIÃO DE PAUTA VIA ZOOM VOLTA AO AR
 
Terminou nesta quinta-feira (10/6) o suspense a respeito da carreira de Jeffrey Toobin, o jornalista que protagonizou em outubro de 2020 um dos episódios mais constrangedores da nova era de reuniões virtuais das redações: ele foi flagrado se masturbando durante reunião de pauta da revista New Yorker realizada pelo Zoom.
Inicialmente suspenso e por fim demitido pela revista, Toobin recebeu uma segunda chance de seu outro empregador e voltou ar no programa vespertino de Alisyn Camerota na CNN, comprovando que há vida - e carreira - depois do vexame.
Redator da New Yorker desde os anos 90, Toobin classificou o episódio como “um erro embaraçosamente estúpido, de acreditar que estava fora das câmeras”. Ele disse que se desculpou com os ex-colegas que testemunharam o fato.
 
FONTE: MediaTalks by J&Cia
 
 
 
 
 
 
COPA AMÉRICA: ABERT CONSIDERA PREOCUPANTE POSSÍVEL INVESTIGAÇÃO DE EMISSORAS DE TV
 
Em nota à imprensa divulgada na quarta-feira (9), a ABERT manifestou preocupação com a possibilidade de as emissoras de TV serem investigadas pelo fato de transmitirem a Copa América, que começa no domingo (13). A manifestação contou com o apoio das associações estaduais de radiodifusão. De acordo com notícias divulgadas pela imprensa, o Ministério Público Federal (MPF) realizará uma ação coordenada para investigar a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), emissoras de televisão, patrocinadores, além dos estados e municípios que abrigarão o campeonato no Brasil.
"Em um momento tão delicado de saúde pública, é inquestionável o cuidado do Ministério Público Federal - dentro do papel de agente fiscalizador e mantenedor da ordem pública - de apurar eventuais riscos que atos e ações, sejam de natureza desportiva ou não, possam causar no combate à pandemia. No entanto, qualquer ação de fiscalização direcionada aos veículos de comunicação, que, sabidamente, não são organizadores e não possuem qualquer ingerência na realização do evento, configura flagrante violação à liberdade de programação das emissoras", afirma a nota.
No comunicado, a ABERT lembra que "a divulgação do evento pelas emissoras de TV que detêm os direitos de transmissão se limita a cumprir o dever constitucional dos veículos de comunicação social de levar cultura e entretenimento para a população, de maneira livre, aberta e gratuita".
 
FONTE: ABERT Notícias
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp