09/11/2020 às 15h06min - Atualizada em 09/11/2020 às 15h06min

Projeto retoma ações em formato digital com apoio da SMC

O projeto Morador de Rua”, cujo nome é decorrente de uma das músicas autorais do artista ‘Dnão’, idealizador da proposta, retoma as atividades em 2020 em novo formato, agora com realização de lives adaptando o projeto viabilizado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura e antes apresentado em instituições sociais da cidade. O músico deu início no dia 11 a uma série de shows com diferentes temáticas que serão apresentadas nas redes sociais, sempre com transmissão ao vivo pela página do Facebook do artista.
Dnão ficou conhecido em Poços de Caldas pela execução do projeto com apresentações musicais nas ruas da cidade. Posteriormente, a proposta também foi levada para instituições que acolhem pessoas em situação de rua e de vulnerabilidade social. Também foram realizadas apresentações em casas de longa permanência para idosos e até outras instituições sociais, com o intuito de promover a descentralização cultural, além de levar um pouco de descontração, alegria e carinho para as pessoas, firmando a exemplaridade da ação que chega à sua sétima edição neste ano. 
 
UNIÃO - A proposta foi construída partindo do pressuposto que um dos sentidos de democratizar a cultura é ampliar o acesso às atividades artísticas já existentes, permitindo que as pessoas construam o seu modo próprio de ser e de participar na comunidade e na sociedade como um todo. Assim, a cultura deixa de ser uma das marcas de exclusão e/ou de marginalização de parte da sociedade, passando a unir os indivíduos, tornando-os membros de uma mesma comunidade. 
O projeto tem apoio da Secretaria Municipal de Cultura de Poços de Caldas e incentivo cultural da empresa Ouro Mix Concreto Usinado, com produção executiva de Chiara Carvalho, responsável pela Carvalho Agência Cultural
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp