26/05/2021 às 15h14min - Atualizada em 26/05/2021 às 15h14min

26 de maio: Dia Nacional do Combate ao Glaucoma

FONTE: máquinacohn&wolfe/ FOTO: Reprodução Google

O glaucoma, considerado a segunda maior causa de cegueira irreversível no mundo, atinge cerca de 3% da população acima dos 40 anos. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) revelam que cerca de 80 milhões de pessoas no mundo convivem com a doença atualmente.
Segundo a Dra. Renata Rabelo, oftalmologista da Rede de Hospitais São Camilo, de São Paulo, existem vários tipos de glaucoma e o ideal é trabalhar com a prevenção, já que a doença evolui de forma silenciosa. “O mais comum é o glaucoma de ângulo aberto, que pode se apresentar com ou sem aumento da pressão ocular e sem sintomas na maioria dos casos, porém quando presente, há queixa de dor. Os outros tipos se desenvolvem pela predisposição genética ou relacionados a doenças como hipertensão arterial e diabetes”, conta.  
Os danos mais sérios da doença aparecem com o decorrer do tempo, sendo que na fase mais avançada pode levar à perda progressiva do campo visual da periferia para o centro. Por isso, a especialista reforça a importância da prevenção, principalmente para o grupo de risco. “A partir desta idade é ideal procurar um oftalmologista anualmente para exames de rotina e assim possibilitar o diagnóstico precoce”, frisa.
Para identificar o glaucoma são indicados os exames específicos que constatam se a pressão dentro do olho está alta e se há predisposição para a doença.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp