19/03/2024 às 16h01min - Atualizada em 19/03/2024 às 16h01min

Cunha completa 300 anos: conheça os principais atrativos da Capital Nacional da Cerâmica

FONTE: Thais Cipollari - [email protected] - FOTOS: Arquivo/Divulgação

 
A cidade do interior de São Paulo, destaque no ranking do 12º Traveller Review Awards, completa quase meio século de história e se consagra como forte potencial para investimento, moradia e turismo
 
Localizada no leste do estado de São Paulo, a cidade de Cunha completa hoje, 19 de março, 300 anos de sua fundação, com uma programação recheada de shows e homenagens.
A cidade do interior paulista se destaca por sua tranquilidade, conforto e um clima incomparável. Situada entre Paraty e Angra dos Reis, no estado do Rio de Janeiro, o município reúne o melhor da praia e da serra. Além das temperaturas amenas e a calmaria da cidade, os visitantes ainda podem aproveitar as paisagens naturais da Serra do Mar.
 
No último mês, o município foi reconhecido como um dos destinos mais acolhedores do Brasil pelo ranking do 12º Traveller Review Awards, da plataforma Booking.com. Oferecendo uma ótima qualidade de vida para seus moradores, a cidade ainda se destaca por seus pontos turísticos, tornando-se tanto uma oportunidade de moradia, quanto de investimentos.
 
Para Artur Zaltsman, CEO da incorporadora brasileira Zaltsman e um grande entusiasta da região, a cidade se destaca por três pontos-chave. “Se fosse para apontar, diria que Cunha é um destino diferenciado sob três perspectivas centrais: localização, gastronomia e tranquilidade. Estes aspectos, sem dúvida, fazem a diferença na hora do público escolher conhecer e investir na cidade”, finaliza Zaltsman.
 
Passeios ao ar livre
Localizada em um “Mar de Morros”, com altitude média de 1 mil metros, as cachoeiras fazem parte da paisagem, oferecendo passeios ao ar de livre de tirar o fôlego. Entre os planaltos de Bocaina, Paraitinga e Paraibuna, e as Serras do Mar e Quebra-Cangalha, os turistas mais aventureiros encontram, ainda, trilhas para desbravar no Parque Estadual da Serra do Mar e também no Parque Nacional da Serra da Bocaina.
 
A Trilha da Pedra da Macela, por exemplo, é uma caminhada de dois quilômetros por um terreno íngreme do Parque Nacional da Serra da Bocaina. O pico tem mais de 1800 metros de altitude e o caminho se dá por meio de uma estrada de paralelepípedos com aproximadamente 1,5 mil metros de altitude. Do topo, é possível ter uma visão 360°, avistando a baía da Ilha Grande, a planície litorânea de Angra dos Reis e Parati, a Serra da Bocaina e a Serra do Mar.
 
Por ser uma cidade tombada como Patrimônio Histórico, muitas construções preservam a fachada original. Em uma verdadeira viagem no tempo, os visitantes podem conhecer alguns dos principais e mais antigos prédios de Cunha, como o Mercado Municipal, a Igreja de Nossa Senhora da Conceição e a Igreja de São José da Boa Vista.
 
Outro destaque turístico da cidade é o Lavandário (foto), um campo de flores que oferece uma vista única para as serras. A propriedade, que além da plantação conta com um café e uma lojinha, recebe centenas de visitantes todos os anos para apreciar o final da tarde - considerado um dos mais belos do Brasil.
 
Gastronomia
Seu clima ameno e altitude propiciam o cultivo de alguns alimentos que se tornaram típicos da região. Conhecida por ser a maior produtora de pinhão do estado de São Paulo, por exemplo, a cidade é a sede da tradicional Festa do Pinhão, que atrai muitos turistas. O cultivo do shitake e as criações de truta também são o destaque do cardápio da região.
Conforme destaca Artur, a cidade possui restaurantes para todos os públicos. “Desde cafeterias, bares, gastronomia internacional e comidas típicas, a cidade possui muitos espaços acolhedores e de alta qualidade, tanto para os turistas, quanto para os moradores. No bairro de Vila Rica, por exemplo, estão alguns dos restaurantes mais renomados para os visitantes que não querem arriscar”, revela.
 
Cerâmica
Cunha é conhecida como a Capital Nacional de Cerâmica de Alta Temperatura, oficializada em 2022. A prática, que por vezes pode ser associada a peças de revestimento, trata-se, na verdade, de uma importante matéria-prima no setor das indústrias das artes: a chamada cerâmica de autor.
Difundida em várias partes do Brasil e do mundo, o trabalho realizado pelos artistas - dos mais de 20 ateliês da cidade - virou referência e atrai apreciadores de diversas localidades para participar do Festival de Cerâmica e demais atividades promovidas pelo Instituto Cultural da Cerâmica de Cunha.
“Desde música, arquitetura e artesanato, a região de Cunha é rica em cultura e tradição. Promovendo diversos Festivais e eventos ao longo do ano, sua contribuição para a conscientização da população e para a atração de visitantes na região tem sido fundamental e fico muito feliz em fazer parte deste movimento.”
 
Sustentabilidade em alta
Artur Zaltsman decidiu investir na cidade em uma parceria com a Alphaz Concept, empresa referência quando se trata de arquitetura ecológica, para construir um condomínio fechado que reúne luxo e sustentabilidade: o Gaia Residence“Nós escolhemos a cidade de Cunha para receber esse empreendimento por todos os seus benefícios, em especial a excelente qualidade de vida que oferece”, afirma o empresário. Será uma construção sustentável num condomínio com cinco mil m2, seguindo o conceito de sustentabilidade e garantindo a segurança que as pessoas tanto têm buscado.
O empresário destacou o crescente desejo das pessoas de escolher morar fora dos centros urbanos para fugir da agitação e da poluição. “Além de todo o seu repertório cultural, a cidade de Cunha tem uma localização estratégica. Enquanto oferece a calmaria da serra com a proximidade da natureza, a cidade ainda fica próxima de São Paulo e permite uma fácil locomoção sempre que necessário”, complementa.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://brandnews.com.br/.