19/05/2021 às 15h43min - Atualizada em 19/05/2021 às 15h43min

NOTAS RÁPIDAS - 19/05

EDIFÍCIO ABRIL: COM UM LEILÃO, CHEGA AO FIM UM ÍCONE QUE BRILHOU E AGIGANTOU O JORNALISMO BRASILEIRO
 
Foi a leilão em São Paulo, nesta terça-feira (18/5), o prédio de 55 mil m2 estrategicamente localizado na Marginal do Tietê, inaugurado pela Editora Abril em 1968, mesmo ano em que a empresa deu à luz a revista Veja, que viria a ser a mais importante do País e a quarta entre as semanais de informação do mundo. Com o possível arremate de algum grupo empresarial, certamente com intenções imobiliárias, desaparecerá, de forma melancólica, um dos símbolos mais nobres e reconhecidos do jornalismo brasileiro, por onde passaram milhares de profissionais que deram régua e compasso à imprensa do País, com publicações hegemônicas em praticamente todos os segmentos editoriais. A Abril que desaparece deixou marcas indeléveis em milhares de profissionais de inúmeras formações: jornalistas, publicitários, marqueteiros, administradores, advogados, médicos e por aí vai.
 
FONTE: Jornalistas&Cia
 
 
 
 
 
RIO DE JANEIRO É A CIDADE BRASILEIRA MAIS BUSCADA DESDE ABRIL DE 2019, APONTA VIAJANET
 
O comportamento dos turistas brasileiros mudou ao longo da pandemia do novo coronavírus. No entanto, a cidade do Rio de Janeiro lidera, com folga, como o destino mais buscado, considerando o período de abril de 2019 até março de 2021, segundo um recente levantamento do ViajaNet, agência virtual de turismo, que aponta quais são os locais mais procurados nos últimos 24 meses. 
Logo na sequência, aparecem Fortaleza (CE), Salvador (BA) e Recife (PE), respectivamente, que também fazem parte das opções de destinos mais cotados no mesmo período. As cidades litorâneas do país se mantiveram em alta e atraíram os turistas que viajam de avião por possibilitar mais contato com a natureza, oferecer estrutura para hospedar e atender as necessidades dos visitantes que estão trabalhando remotamente, por exemplo.

FONTE: Amanda Mathias - Comunique-se 1
 
 
 
 
88% DOS BRASILEIROS VIAJAM PARA DESCANSAR A MENTE
 
São inúmeras as motivações para realizar uma viagem. No caso dos brasileiros, uma pesquisa* recente da Booking.com realizada em novembro de 2020, por meio de questionário online, que entrevistou 47.728 pessoas em 28 países, sendo quase 2 mil do Brasil, revelou que 88% viajam para tirar um tempo para descansar a mente.
Outros principais motivadores para os brasileiros fazerem uma viagem são poder dar um tempo para relaxar e conhecer o máximo possível de um destino (85% cada). Já 81% são motivados pelo fato de poderem redescobrir bons momentos do passado por meio de uma viagem, e neste quesito os brasileiros ocupam a primeira colocação entre os quatro países da América Latina pesquisados - Brasil, Argentina, Colômbia e México.
Quando se trata de fatores que contribuem para a definição do destino de uma viagem, 90% dos brasileiros preferem lugares com cenários de belezas naturais, empatados com os argentinos e mexicanos. O mesmo número prioriza locais onde se sintam seguros - e aqui os brasileiros lideram o ranking -, enquanto 89% buscam lugares que prezam pela limpeza. Em seguida, 86% dos viajantes do país consideram importante ter uma culinária local saborosa, e 85% desejam destinos com belas praias.
No que diz respeito a viagens domésticas, especificamente, 94% dos brasileiros se sentem encorajados a continuar viajando para destinos nacionais no futuro. Além disso, 79% disseram que viagens domésticas permitem que eles viajem mais com amigos e familiares de uma forma que as internacionais não fazem, enquanto mais da metade dos viajantes brasileiros (54%) disseram preferir viagens domésticas a internacionais.
 
FONTE: Assessoria de Imprensa da Booking.com no Brasil
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp