19/05/2021 às 15h14min - Atualizada em 19/05/2021 às 15h14min

Alcoa lança Programa Cultivando a Mata Atlântica de forma virtual

FONTE E FOTOS: Opção Comunicação / Assessoria de Imprensa - Alcoa - Poços de Caldas
Parque Ambiental completa 28 anos reiniciando o Programa Cultivando a Mata Atlântica
, 
Serão atendidos 170 alunos de quatro escolas municipais e uma estadual de Poços de Caldas
 
Depois de um ano parado devido à pandemia, o Programa Cultivando a Mata Atlântica promovido pelo Parque Ambiental da Alcoa Poços de Caldas reiniciou de forma virtual, no mês que o Parque Ambiental completa 28 anos de fundação - 19 de maio. Realizado desde 2014, o Programa tem a parceria da Secretaria Municipal de Educação, Superintendência Regional de Ensino, Jardim Botânico, Zoo das Aves e Consultoria Enutrium, e já atendeu cerca de 2.500 alunos do sétimo ano da rede municipal de ensino de Poços de Caldas. A versão online terá a participação de 170 alunos das escolas municipais Wilson Hedy Molinari, Irmão José Gregório, Alvin Hosken de Oliveira e José Raphael dos Santos Neto, e da Escola Estadual Cleuza Lovato Caliari, que receberam kits (apostila e caderno de atividades). 
As atividades tiveram início no dia 3 de maio e serão promovidas 15 videoaulas e mais um encontro final, também virtual, para a entrega dos certificados. As visitas presenciais ao Parque Ambiental, Jardim Botânico e Zoo das Aves serão realizadas depois do retorno às aulas presenciais, ainda sem data definida.
 
“Estamos muito felizes por conseguir retornar com as atividades do Cultivando a Mata Atlântica, um programa muito especial para a nossa Unidade”, conta Maria Cristina Gonçalves, consultora de Assuntos Institucionais da Alcoa. “No ano passado, já estávamos preparados para iniciar as turmas, quando a pandemia começou e tivemos que adiá-lo. Este ano, com o apoio dos nossos parceiros, conseguimos viabilizá-lo na forma virtual, a fim de preservar a segurança de todos, e estamos muito entusiasmados com as primeiras videoaulas. Foi um grande presente de aniversário do nosso Parque Ambiental, que completou 28 anos de atividades”.
Para Carlos Henrique de Oliveira, professor de Ciências da Escola Municipal José Raphael dos Santos Neto, as atividades virtuais ainda estão no início, mas já dá para perceber o interesse dos alunos. “O Cultivando a Mata Atlântica é muito importante para os alunos conhecerem a região onde moram e o trabalho de mineração”, destaca. “Sou um entusiasta do Programa e nossa escola participou de várias edições. O fato de ser aberto a alunos do sétimo ano é muito interessante, pois é nessa série que eles estudam os biomas, fauna e flora. Então o que eles aprendem no Programa completa o aprendizado em sala de aula”.
 
Parque Ambiental: 28 anos
 
Inaugurado há 28 anos, o Parque Ambiental da Alcoa Poços de Caldas está localizado em uma área de 18 hectares, de complexa biodiversidade, dentro da Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Retiro Branco. Ele foi idealizado por Don Duane Williams, ex-gerente de Mineração da Companhia, com o objetivo de promover atividades de Educação Ambiental.
Desde que foi inaugurado, o Parque já recebeu mais de 105 mil visitantes, entre estudantes e educadores das redes pública e particular de ensino, pesquisadores e a comunidade em geral. Também deu grandes contribuições para a preservação e manejo da flora e da fauna da região através de levantamentos científicos realizados no local, que se tornaram importantes publicações, referências e fontes de pesquisa nestas áreas.
O espaço é dotado de excelente infraestrutura, que inclui mirante e quatro trilhas: do Cedro, Beija-flor, Sauá e Riacho, por onde se pode observar os diferentes aspectos da reserva, com suas áreas de matas de porte alto, ciliar e capoeira, e contemplar as variadas espécies de animais, como quati, macacos e centenas de espécies de aves. Abriga ainda a primeira trilha construída em área reabilitada no Estado de Minas Gerais, onde, em meio à vegetação exuberante, é possível conferir os excelentes resultados do programa de reabilitação de áreas mineradas da Alcoa.
No Parque também está instalado um viveiro capaz de produzir 100 mil mudas de espécies nativas por ano, utilizadas no processo de reabilitação e para doação à comunidade.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp