17/05/2021 às 14h44min - Atualizada em 17/05/2021 às 14h44min

Paul Stanley - A outra face de um grande artista

Rodrigo Lee - Músico e Produtor Cultural

A prova, novamente, de que a música é um negócio, passa mais uma vez pelo KISS, uma máquina de ganhar dinheiro, em várias frentes. E muito disso graças aos visionários e empreendedores Gene Simmons e Paul Stanley. O baixista e vocalista da banda já havia lançado, há anos, seu livro falando sobre negócios dentro e fora do mundo artístico e agora chegou a vez de Paul Stanley dar seu parecer, no livro Quando As Cortinas de Fecham. A diferença é que o livro dele é mais humano e foca não só nos negócios, mas também em sua vida pessoal, onde ele cita suas agruras infantis e adolescentes por ter sofrido bullying na escola, além de outros assuntos como família, relacionamento, religião e claro, sobre o KISS.
Longe da pieguice óbvia de livros de autoajuda, Stanley dá uma série de dicas que passam por suas próprias experiências pessoais, mas sem demonstrar que a vida dele deu certo porque ele foi correto. Muito pelo contrário, porque em alguns momentos ele explicita suas fraquezas e limitações humanas que vão além do grande artista que é. Paul Stanley é dono, há anos, de uma das maiores fortunas do meio artístico, em todos os tempos. Mas isso nunca afetou o ser humano sensível que sempre foi e que nesse livro lançado no Brasil, pela Editora Alta Books, fica claro e evidente. Indicado não só aos amantes de música, mas ao público em geral.    
 
 
 
*Rodrigo Lee é músico, produtor cultural e tem o KISS como uma de suas maiores referências dentro da música mundial










 



 
*O Brand-News não se responsabiliza por artigos assinados por nossos colaboradores.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp