05/12/2023 às 15h28min - Atualizada em 05/12/2023 às 15h28min

Minas Gerais lança ferramentas e anuncia novo investimento para mitigar mudanças climáticas no estado durante a COP28

FONTE: SECOM - Superintendência de Imprensa - [email protected] - FOTO: Imprensa / Divulgação
Vice-governador de Minas, Professor Mateus, durante a COP 28, em Dubai
C 
Lançamentos importantes foram apresentados durante o Minas Day, nesta terça-feira (5/12), em Dubai, nos Emirados Árabes
 
O vice-governador de Minas Gerais, Professor Mateus, e a secretária de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Marília Melo, apresentaram importantes anúncios e lançamentos para o enfrentamento da crise climática no workshop Minas Day, nesta terça-feira (5/12), na COP28, em Dubai, nos Emirados Árabes.
 
Desenvolvido em conjunto pelo Governo de Minas e setores privados, nacionais e internacionais, o Minas Day busca soluções para as mudanças climáticas. “Não é possível imaginar que vamos atingir as metas do Acordo de Paris sem a adesão do setor privado. Talvez a grande frustração que os países estão tendo no não-cumprimento do que foi planejado há oito anos seja que esses países conversaram entre si sobre as metas, mas muitas vezes quem tem que cumprir essa meta é a iniciativa privada”, analisou Professor Mateus durante o workshop, que ocorreu no estande da Confederação Nacional da Indústria (CNI) da COP28.

Ele destacou o diálogo mantido com as federações da Indústria (Fiemg) e da Agricultura (Faemg) para a elaboração de planos que se convertem em ações que saem do papel. “Não é por outro motivo que Minas foi reconhecida, na semana de ação climática da ONU, como o estado que mais avançou na apresentação do que são os planos de ação climática para o futuro. Aderimos ao Race to Zero, pusemos de pé um inventário e agora um plano de ação climática em que agricultura e indústria estão ao nosso lado, dizendo o que vão fazer, como vão fazer e em quanto tempo, para que a gente garanta neutralidade de emissão de carbono até 2050”, enfatizou.

Entre os destaques do Governo de Minas, estão o portfólio Casos de Sucesso, que reúne 57 exemplos mineiros de enfrentamento à crise do clima, e a calculadora MRV Climático, que gerencia resultados e impactos das ações implementadas.
Além disso, Minas firmou nova parceria com a Harsco Metals Ltda, que promoverá a economia circular no estado, por meio da expansão da unidade industrial de coleta de escórias siderúrgicas, diretamente nos fornos dos principais produtores de aço de Minas Gerais. Com investimento de R$ 220 milhões, o empreendimento está sendo instalado na cidade de Timóteo, no Vale do Rio Doce, com previsão de geração de 760 empregos diretos.

O evento ainda teve participação de representantes da Cemig, do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) e da Associação Mineira da Indústria Florestal (Amif).

PORTFÓLIO - O portfólio Casos de Sucesso do Estado de Minas Gerais 2023 reúne 57 exemplos de atividades, projetos e programas desenvolvidos em prol da sustentabilidade no estado, distribuídos por nove blocos temáticos, entre eles, Plano de Ação Climáticas; Energia e Conservação; Recursos Hídricos; Indústria; Agricultura, Pecuária e Floresta Plantada, entre outros.
Com versões em português e inglês, o portfólio apresenta, em formato de Power BI, as ações em andamento, tanto em decorrência de políticas públicas de incentivo e engajamento quanto por meio de parcerias com a iniciativa privada.
O destaque do documento é o que tem sido feito pelo setor produtivo - indústria, agropecuária e florestas plantadas.

MRV CLIMÁTICO - Outra novidade se refere à calculadora Mensuração/Monitoramento, Relato e Verificação (MRV) Climático, instrumento fundamental para a execução de qualquer planejamento referente à crise do clima.
“Essa ferramenta dará uma transparência de todo o processo e também divulgará quais são os recursos necessários para cada uma dessas ações, para podermos investir recursos públicos e também buscar parceiros, sejam empresas privadas ou fundos internacionais, para que todas as ações previstas no Plano de Ações Climáticas sejam, de fato, implementadas”, avaliou a secretária de Estado de Meio Ambiente e desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais, Marília Melo.

O MRV faz parte do projeto “Melhorando o desempenho climático do estado de Minas Gerais como força motriz para mobilizar investimentos verdes”, feito pelo Centro Brasil no Clima e a WayCarbon Soluções Ambientais e Projetos de Carbono SA, em parceria com o Estado de Minas Gerais. 

O projeto foi submetido e aprovado no chamamento do Governo Britânico - UK PACT 2023, que fará o financiamento. A calculadora tem como base as 199 metas propostas pelo Plano de Ação Climática (Plac) e será implementada a partir de janeiro de 2024.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »