01/12/2023 às 15h29min - Atualizada em 01/12/2023 às 15h29min

Dia Mundial da Luta Contra a Aids: doença também pode sofrer influência da genética

FONTE: MF Press Global Gestão geral - [email protected] - FOTOS: PixaBay / MF Press Global
c 
Estudos já indicam que existem genes que podem gerar resistência ao HIV, destaca o Pós PhD em neurociências e especialista em genômica, Dr. Fabiano de Abreu Agrela
 
O mês de dezembro é um período destinado ao combate à Aids - Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, conhecido como “Dezembro Vermelho”. No seu dia 1º é celebrado o Dia Mundial da Luta Contra a Aids como forma de estimular a conscientização sobre a doença, combate a estigmas e disseminação de tratamentos e prevenções.
 
De acordo com o Boletim Epidemiológico de HIV/Aids, em 2021 o Brasil registrou por meio do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), 40,8 mil casos de HIV e 35,2 mil casos de Aids, reforçando a importância de se debater o tema.
 
GENÉTICA E HIV - De acordo com o Pós PhD em neurociências e especialista em genômica, membro da Royal Society of Biology no Reino Unido, Dr. Fabiano de Abreu Agrela (foto) estudos recentes já indicam que a genética também possui grande influência na resistência ao HIV.
 
O HIV age afetando o sistema imunológico do indivíduo, facilitando a entrada de outras doenças no organismo. Um estudo já identificou uma forte relação entre a variante rs333 do gene CCR5 e uma maior resistência à infecção pelo HIV, fazendo com que ela dificulte a entrada do vírus do HIV nos glóbulos brancos.
 
Um pequeno detalhe, mas muito importante, sobre esses dados é que ele está mais presente em pessoas caucasianas e em menor proporção em pessoas negras e japonesas, podendo indicar uma menor resistência dessa população ao vírus do HIV”, disse Dr. Fabiano. “Por isso, com pesquisas mais aprofundadas e com a realização de testes genéticos é possível identificar com maior precisão uma predisposição para infecções e, assim, direcionar e intensificar cuidados preventivos e testagens.
 
PRINCIPAIS INFORMAÇÕES SOBRE A AIDS - A Aids é a fase avançada da infecção pelo HIV - o vírus que causa a Aids atacando o sistema imunológico. A infecção pode ser prevenida com o uso de preservativos, seringas limpas e testagem regular. As principais formas de transmissão do vírus são relações sexuais desprotegidas, compartilhamento de agulhas e de mãe para filho durante gravidez, parto ou amamentação. 
 
Atualmente, a doença não tem cura, mas métodos como o PEP (Profilaxia Pós-Exposição), onde o paciente é tratado de forma imediata após exposição ao vírus, e PREP (Profilaxia Pré-Exposição), onde o uso é feito de forma preventivo do antirretroviral por pessoas sem o vírus, podem ajudar a reforçar a prevenção e infecção do vírus.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »