12/05/2021 às 14h06min - Atualizada em 12/05/2021 às 14h06min

Diabetes - o mal silencioso

Dra. Camila Beltrame - dracamila.beltrame@yahoo.com
Figura meramente ilustrativa - Reprodução Google
                       
Bom dia meus queridos, como passaram?
Hoje quero conversar com vocês sobre algo que tem se tornado mais frequente a cada dia, uma doença crônica e silenciosa com grandes repercussões negativas para a saúde: a diabetes.
 
Você sabia que diabetes é tão grave e frequente no mundo dessa forma?  Você sabia que a diabetes mata muito mais que a Covid-19? E que mais de 46% dos brasileiros de 20 a 79 anos têm e nem sabem que são portadores? Você sabia que temos, em média, uma morte a cada 8 segundos em decorrência dessa doença e das sequelas dela?
 
A OMS apontou em 2018, mais de 16 milhões de casos diagnosticados e um crescimento de 61,8% do número de casos nos últimos 10 anos, deixando o Brasil em 5º lugar no ranking mundial, perdendo apenas para China, Índia, Paquistão e Estados Unidos. 
 
Vamos aos fatos práticos e importantes: além do impacto social, individual e econômico que a doença traz, ela é responsável pelo agravo na saúde de forma aguda e crônica - quando não tratada de forma eficaz. Quando falamos de complicações agudas, ou de curto prazo, do diabetes, falamos de resultados de exames de sangue alterados, podendo levar a doenças permanentes ou até mesmo à morte. Mas que na maioria das vezes NÃO GERA SINTOMAS NO PACIENTE - quando em estado inicial ou moderado.
Já as complicações crônicas, podemos citar: doenças oculares (levando à cegueira), doenças dentais, relações com doenças gestacionais à mãe e bebê, doenças cardíacas, doenças renais e cerebrais, além de comprometimento nervoso e vascular de membros inferiores causando as úlceras.  
 
Você curte números? Vamos aos dados: 
 
1 a cada 11 pessoas tem diabetes e NÃO sabem (463 milhões de pessoas no mundo);
1 em cada 5 pessoas com diabetes tem mais de 65 anos;  
10% dos gastos globais com saúde são gastos com a diabetes (USD 760 bilhões); 
1 a cada 6 nascidos vivos são afetados pela glicose alta da mamãe durante a gestação; 
3 em cada 4 pacientes portadores de diabetes moram em países de média e baixa renda; 
Mais de 1,1 milhão de crianças e adolescentes com menos de 20 anos têm diabetes; 
1 em cada 13 adultos de 20 a 79 anos tem glicose alterada (374 milhões de pessoas); 
2 a cada 3 pessoas com diabetes moram em centros urbanos; 
 
A estimativa é de que em 2045, o Brasil tenha 26 milhões de casos de diabetes, contra 16,8 casos em 2019 - um verdadeiro show de horrores. Impacto gigante que pode ser controlado com simples condutas preventivas, comportamentais: alimentação equilibrada, atividade física, controle de estresse.
 
Você tem história familiar de diabetes? Você sabe como anda a sua glicemia? De que lado da corda você está, do lado certo ou do lado errado?
Acredite no que digo: a prevenção ainda é a melhor saída.
Tenham uma excelente e equilibrada semana.








 







*O Brand-News não se responsabiliza por artigos assinados por nossos colaboradores.


 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp